1

É a consciência que nos faz mortais. Ao ter consciência nos tornamos superiores aos demais seres, ao mesmo tempo nos tornamos menores, pois, sabemos, que teremos um fim. A finitude faz dos humanos (as) criaturas cheia de luz e tristeza, a primeira por achar que será longe, a segunda, quando […]

1

Eu canto porque o instante existe e a minha vida está completa. Não sou alegre nem sou triste: sou poeta. (Motivo – Cecília Meireles) As palavras escritas ou faladas (cantadas), raramente  conseguem traduzir o que efetivamente sentimos, ou o que queríamos dizer de verdade. Entretanto, escrever no papel, ou na […]

Você diz a verdade e a verdade é o seu dom de iludir (Dom de Iludir – Caetano Veloso) É inacreditável como a realidade se dissolve em “distração“, pequenas e certeiras manobras para que se olhe para o lado oposto ao que realmente importa, logo, se perde o fundamental, a […]

‘A arte existe porque a vida não basta’ (Ferreira Gullar) A humanidade criou as artes para não morrer de tristeza e viver apenas uma vida medíocre de trabalho e dor, precisa ter prazer e imaginar várias possibilidades de vida diferentes, ou mesmo retratar, pela arte, sua dolorosa existência. Assim, em […]

“O deus soberano, cujo oráculo está em Delfos, nem revela, nem oculta coisa alguma, mas manifesta-se por sinais”. ( Heráclito) Havia um Guia Genial na antiga URSS, ele tudo pensava, tinha as grandes ideias, mesmo as  de outros, eram assimiladas como dele, afinal apenas ele poderia pensar, criar, imaginar, aos […]

A Escravidão foi o modo de produção primeiro de exploração privada entre homens e mulheres, substituiu as relações primevas, comuns e sem traço de divisão e hierarquia social e de gênero, ainda não havia Estado, instituições complexas, que, inclusive, ajudariam a naturalizar a escravidão, religiões, códigos de leis rudimentares, exércitos […]

Para melhor compreensão do estágio atual da luta de classes e das políticas de ataques as conquistas sociais e trabalhista, é que se faz necessário e um pequeno recuo na história, e para localizar a questão dos Direitos Humanos e não mais os Direitos Trabalhistas como o cerne das relações […]

“O Dinheiro não é apenas um objeto da mania do enriquecimento, mas sim O seu objeto. A mania de enriquecimento é por essência auri sacra fames*” (Grundrisse, Marx) Há formulações, aparentemente pequenas, não obstante, cruciais para a compreensão de um sistema tão complexo, ajudam como explicação essencial a disputa de […]

Arquivos