Domingo o crash temporário do Blog.

Falhas no sistema de acesso, causam tensão e demonstra nossa dependência è tecnologia.

Mais um dia de domingo em Fortaleza, ainda estou por aqui, a Pandemia e alguns cancelamentos de voos vão prorrogando a minha estada, enfim, chuva/sol, calor e vento. O clima está bem mais ameno do que o calor infernal da última vez em que estive aqui, ano passado.

Como tenho feito desde o 01.01.2021, tento escrever todos os dias, tinha alguma coisa para publicar, muitas ideias, mesmo num tempo de deserto, árido de notícias boas. As dores provocadas pelas informações da pandemia, as mortes, os sofrimentos, a inação do governo federal, indiferença, tudo isso cria um caldo de cultura negativo que parece se refletir no corpo, ou seria o sinal da idade (pesquisar)?

Escrevo como uma forma de manter um registro desse momento terrível e como uma terapia, uma forma de amenizar as dores gerais, buscar conversar com os que perdem tempo em me ler.

Quando abri o blog a péssima surpresa, sem conexão, como se não tivesse acesso à internet, já deu um nervoso, como tenho publicado muito, tem uns 20 dias e quase 40 posts, sem backup. O serviço de hospedagem do UOL, um horror para se comunicar e tirar dúvidas, não dão suporte, o que vai deixando a questão mais tensa, em pleno domingo, por mais de três horas.

Bate aquela sensação ruim de que não tem como confiar em Tecnologia, em algum momento vem um crash geral e perde-se tudo, não fui diligente em salvar, ainda que não tenho nada demais, algo tão fundamental, é muito mais pelo sentimento de perda…Mais uma, sei lá. Larguei mão por uma hora, deixa para lá.

Finalmente, quando tinha esquecido, o Blog voltou. Agora é backup e alívio.

Bom domingo.

admin

Nascido em Bela Cruz (Ceará- Brasil), moro em São Paulo (São Paulo - Brasil), Técnico em Telecomunicações e Advogado. Autor do Livro - Crise 2.0: A Taxa de Lucro Reloaded.

Deixe uma resposta

Next Post

FOME: É hora de Dividir o Pão

seg mar 22 , 2021
Share this on WhatsApp Print 🖨 PDF 📄 eBook 📱   Muito além da Pandemia e das mortes que se multiplicam dia a dia, os efeitos externos são devastadores, como bem disse Bolsonaro o “Caos está chegando e as pessoas vão para rua”, no caso dele parece desejo, que haja […]
%d blogueiros gostam disto: