“Eu vejo o futuro repetir o passado Eu vejo um museu de grandes novidades O tempo não para Não para, não, não pára” ( O Tempo Não Pára – Cazuza) No final de novembro de 2014, seguindo a tradição dos últimos anos (desde 2011), recolho as previsões com os cenários […]