Crise 2.0: Hora do Balanço II

 

“A superprodução de capital se assemelha àquela doença que na medicina é denominada de pletora, uma produção crescente e descontrolada de sangue que não pode encontrar vazão nas limitadas veias e artérias do sistema circulatório do organismo humano.

Mas as modernas crises de superprodução não são naturais, são históricas. São próprias da era capitalista” (José Antonio Martins/Oswaldo Coggiola)

 

Quem acompanha esta série nem sempre conseguiu ler todos os artigo pois a produção tem sido intensa, começou com um por mês, depois quinzenal, semanal, diário, às vezes dois no mesmo dia, é fruto das imensas novidades e mudanças no cenário que precisam ser comentadas, pelo menos tento, e também procuro as mais diversas visões ou matizes de analises da Crise 2.0.

Para facilitar, pela segunda vez, vou republicar todos os links dos posts que produzi ao longo destes meses, o que ajuda quem quiser ler do começo ou saber qual sequência melhor lhe aprouve, além de ajudar a ver como tenho tratado o tema.

  1. Crise Mundial e Mundo Novo ;
  2. Crise 2.0: Um fantasma ronda a Europa – Dissolução do Euro;
  3. Crise 2. 0 – Itália um case de insucesso;
  4. Crise Mundial 2.0 (2008-2011);
  5. Crise 2. 0 – Desdobramentos;
  6. Crise 2. 0: Crise Terminal?;
  7. Crise 2. 0: A questão Ideológica;
  8. Crise 2. 0: A Resistência é possível?;
  9. Crise 2. 0: A Visão do BC do Brasil;
  10. Crise 2. 0: A decadência sem Elegância;
  11. Crise 2. 0: (des)União Europeia;
  12. Crise 2.0 -Soluções e “Humor”;
  13. Crise 2.0: Estados Unidos da Europa;
  14. Crise 2.0: Riscos das Agências;
  15. Crise 2.0: Desemprego, Juventude e Rebelião;
  16. Crise 2.0:Heroico Povo Grego;
  17. Crise 2.0: de Maastrich a Bruxelas;
  18. Crise 2.0: Europa – uma nova fase de incertezas;
  19. Crise 2. 0: Presente Grego;
  20. Crise 2.0: A Hora do Balanço;
  21. Crise 2.0:Itália – O epicentro da Crise;
  22. Crise 2.0: Cronologia do Crime;
  23. Crise 2.0:Lendas do Fracasso(Paul krugman);
  24. Crise 2.0: Brasil em 2008 – Marolinha;
  25. Crise 2.0:Brasil 2011 – Novos embates;
  26. Crise 2.0: A queda da Zona do Euro;
  27. Crise 2.0: Fim da Democracia?;
  28. Crise 2.0: Direita,Volver!!;
  29. Crise 2.0:”ambiciosas e surpreendentes”;
  30. Crise 2.0: Sem Rumos;
  31. Crise 2.0: Há saída para a UE?;
  32. Crise 2.0: Privatizadores, agora privatizados;
  33. Crise 2.0: Atores e seus roteiros limitados;
  34. Crise 2.0: Capitalismo vs. Democracia;
  35. Crise 2.0: Abraço de afogados;
  36. Crise 2.0: “Refundar”a Europa;
  37. Crise 2.0: os novos vassalos;
  38. Crise 2.0: Lágrimas de crocodilo;
  39. Crise 2.0: O Paraíso Perdido;
  40. Crise 2.0: Uma reflexão necessária;
  41. Crise 2.0: De onde menos se espera,nada vem;
  42. Crise 2.0: “Escravos” modernos?;
  43. Crise 2.0: A ruptura do Bloco Europeu;

 

 

0 thoughts on “Crise 2.0: Hora do Balanço II”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: