“Desta requinta-se outra inda mais nobreE intelectuais espíritos expressa, —E de suas funções faz que resultemSentidos, fantasia, entendimento,Cujo complexo constitui a vidaDonde emana a razão, essência da alma”. (John Milton – Paraíso Perdido) Chegamos ao post 200, uma enormidade. Nem pensava em escrever tanto, em tão curto espaço de […]