1

É provável que você ache esquisito se “comemorar” o aniversário de alguém que já nos deixou, que partiu para o lugar de onde jamais ninguém voltou, como diz o bardo inglês, e não tenho esperança de que minha doce menina, chegue aqui novamente. Claro que sim, que não é comum […]

O desgoverno BolsoNERO jogou o Brasil no passado, o desabastecimento, a restrição de compras de produtos e uma possível escalada inflacionaria se avizinha, tudo isso nos arremessa aos anos de 1980, de Sarney e companhia. Os preços de produtos da cesta básica estão disparando, produtores privilegiando as exportações  com o […]

1

                   “Esse papo seu tá qualquer coisa, você já tá pra lá de Marrakesh“ Depois de o mundo ficar Odara, agora virou neostalinista? Ops, socialista real, doutrinado por um YouTuber do ex-partidão. E vocês dizem que a terra não é Plana? Imagine […]

“Vida, vento, vela me leva daqui” (Mucuripe) Absorto, Em viagens pelas fronteiras do cérebro, da parca inteligência, perdido no tempo e no espaço, entre acordes de velhas e imortais canções, de noss ancentrais dinossauros do rock. Dali nada encontro, nem deveria. Apenas o vento que eventualmente sopra e refresca, nessa […]

“Nada a temer Senão o correr da luta Nada a fazer Senão esquecer o medo Abrir o peito à força Numa procura” (Caçador de Mim – Sergio Magrão e Luiz Carlos Sá) Ora, viver o que vivi, e ainda vivo, passar pelo que passei, e ainda passo, o que haverá […]

“De todos faz covardes a consciência” (Hamlet – W Shakespeare) O que é a verdade factual? Talvez seja o maior problema que a humanidade enfrenta nessa época da comunicação em massa, em que todos e qualquer um “produz” uma notícia ou uma versão dela. A completa insegurança e incerteza para […]

“O drama da internet é que ela promoveu o idiota da aldeia a portador da verdade” (Umberto Eco) O Brasil, aliás, o mundo, entrou na Era da Imbecilidade, é um contexto bem próprio, pois a popularização da internet, via celulares, deu voz aos seres mais abjetos que existiam dispersos, agora […]

Nada a dizer, apenas a imensa saudade, esse buraco fundo aberto no peito. A vida segue sempre porque nada para, por nada e por ninguém. Sonho em claro contigo, nem preciso dormir para te ver. O amor é um sentimento delicado demais para se acabar com a morte, essa brutalidade […]

“Quanta gente aí se engana E cai da cama Com toda a ilusão que sonhou E a grandeza se desfaz” (Pecado Capital – Paulinho da Viola) É preciso saber que somos o suprassumo da calhordice, já dizia nossa primeira carta, escrita por Pero Vaz Caminha: “Nessa terra, tudo que se  […]

“Perdida toda a sombra de esperança! Em vez de nós, expulsos, exilados, Criada já existe a prole humana, Prazer novo de Deus, e este amplo Mundo Para morada deleitosa dela” (Paraíso Perdido – John Milton) De alguma forma a humanidade sobreviveu de que foi expulsa do Paraíso pelo “pecado”, sendo […]