Querida e amada Letícia, O tempo não tem o condão de nos fazer esquecer uma saudade tão intensa e que se renova a cada dia, transformando em dor e uma profunda tristeza. Nas nossas ilusões, de sua mãe, de sua irmã e minhas, continuamos achando que você não se foi, […]

Escrever é transformar sonhos/pesadelos em palavras. Essas palavras podem ser lidas, compartilhas, ou, mais comumente, ignoradas, não para quem se expôs ao escrever, como também, alguns, bem poucos, o mais próximos, talvez que efetivamente se importam com quem se arrisca, obviamente, excetuasse os que têm públicos próprio, reconhecidos, enfim, autores […]

1

O maior castigo de pais que perdem um filho (a), é continuar a viver. É sobreviver com uma dor dilacerante, uma ferida aberta que não cura, não sara, não fecha, os curativos são remendos, ao mesmo tempo, lembram de que são paliativos para uma dor crônica, constante, incômoda e presente, […]

E por você ter sido tão especial, Letícia, sua passagem aqui pela terra foi tão rápida. A questão/afirmação seria apenas uma boa ilusão, quem sabe uma mentira que contamos para nós mesmo, com a ideia para nos confortar, tentar aceitar (ou não) tudo de tão triste que passamos a viver, […]

  Yo te llevo dentro, hasta la raíz Y por más que crezca, vas a estar aquí (Hasta la Raiz – Natalia Lafourcade)   Por mais que tente não pensar e lembrar de Letícia no dia a dia, em algum momento, é maior do que eu e ela fica sorrindo […]

Querida e amada filha ausente. Lá se foram dois anos e três meses, desde que nos deixastes, não por vontade própria ou nossa, mas como parte do grande  mistério do que é o ciclo da vida, em que não sabemos onde entramos, muito menos quando dele somos arrancados, alguns, bem […]

“Os sonhos que hão de vir no sono da morte Quando tivermos escapado ao tumulto vital Nos obrigam a hesitar: e é essa reflexão Que dá à desventura uma vida tão longa.” (Hamlet – W. Shakespeare) Perder um (a) filho (a) é muito pior do que perder a própria vida, […]

1

Esses dias estava assistindo o excelente filme Tolkien, sobre o autor da trilogia “O Senhor dos Anéis” e de o Hobbit, tive a sensação desesperadora do esquecimento, ou da incerteza sobre algumas questões da Letícia, de seus gostos, relacionados aos filmes e livros. É doloroso sentir isso, pois a memória […]

“Setembro – O mês em que a primavera começa e as flores mais lindas têm o prazer de flore(nas)cer” (Letícia Rocha  – 20/09/1997 a 18/11/2018) Todos os dias da minha vida, enquanto durar, serão marcados pelo dia 18, desde aquele 18.11.18. Letícia é maior do que todos os aforismo e […]

1

“Standing on a hill in my mountain of dreams Telling myself it’s not as hard, hard, hard as it seems” (Going in California – Led Zeppelin) Enquanto existir alguma consciência em mim, por toda vida que me resta, por nenhum momento vou deixar de pensar na minha Letícia. É difícil […]

1

“Lights go out and I can’t be saved Tides that I tried to swim against” (Clocks – Coldplay) De uns dias para cá, comecei a ouvir sempre a meia noite um som de um despertador de um relógio digital, coisa que tinha ouvido muitas vezes, antes da Letícia partir, naquele […]

Arquivos