Resenha de Novembro 2012

A Resenha do mês será mais uma vez produzida pois ela serve como consulta rápida dos principais eventos tratados por este blog. O mês de novembro foi especial, pois, comemoramos os #3anos do blog, uma vitória da resistência e paciência, por uma semana escrevi uma série de artigos relembrando a pequena história deste espaço virtual de como ele se desenvolveu no decorrer destes anos. Os posts foram:

  1. #3Anos do Blog: Das Imagens
  2. #3Anos do Blog: Do Autor
  3. #3Anos do Blog: Dos Temas
  4. #3Anos do Blog: Dos Posts
  5. #3Anos do Blog – Reafirmação
  6. #3Anos do Blog – Trem da Música

Uma coleção de ideias e de perspectiva de continuidade por mais tempo, com ajuda e a paciência de vocês.

Comecei nesta semana a pedir aos amigos que leem o blog para que assinem o blog, pois não mais divulgarei os links dos novos posts individualmente  no Twitter. A questão é simples, não dou conta da tarefa, além de notar que há sempre um ar de reprovação, alguns silenciosos, outros via ironia, assim não me desgastarei mais, lerá em primeira mão que assinar, recebendo um email, quem preferir vir sem estes links, tudo bem. O certo é que parei de divulgar, post a post. Espero que entendam a decisão.

O caminho central do blog continua sendo a série  Crise 2.0, com mais artigos e algumas linhas investigativas. Comecei com as eleições dos EUA, discutindo os candidatos e seus temas (Crise 2.0: Obama x Romney e o Abismo Fiscal), a vitória de Obama ( Crise 2.0: Obama II ) e suas perspectivas de segundo mandato Crise 2.0: Desafios de Obama II. A Espanha continuou com destaque, tanto pela Greve Geral na Europa (Crise 2.0: Europa em Luta e Crise 2.0: 14N – Greve Geral) ), mas com destaque lá (Crise 2.0: #14N – Primeiras Notas da Greve Geral , Crise 2.0: #14N – Contra a Troika e Crise 2.0: #14N e a Luta de Classes na UE).  Destaque também  mas também pelas eleições da Catalunha, que ameaçava dividir a Espanha ( Crise 2.0: Espanha x Catalunha , Crise 2.0: Espanha x Catalunha II  e Crise 2.0: Espanha x Catalunha III ).

Mas a principal sacada sobre a Crise 2.0 é o questionamento da Austeridade, uma série de novos artigos colocando em relevo o desastre de tais políticas:

  1. Crise 2.0: Austeridade Piora a Economia
  2. Crise 2.0: Mais 5 Anos de Crise
  3. Crise 2.0: UE – Buraco Sem Fundo
  4. Crise 2.0: O Custo Humano da Crise
  5. Crise 2.0: Despejos e Suicídios na Espanha
  6. Crise 2.0: A Obsessão Pela Austeridade

A denuncia é cabal, sem meias palavras, pois paralelo a isto os números tanto do FMI como da OCDE jogam para mais dois anos de mais crise, sem que se reveja a TARA e Obsessão pela Austeridade, expressadas aqui em dados e análises:

  1. Crise 2.0: EuroRrecessão
  2. Crise 2.0: Cenários Graves da OCDE
  3. Crise 2.0: Brasil Está Em Crise?
  4. Crise 2.0: Alerta Vermelho da OCDE

O que respinga fortemente, inclusive no Brasil. Continuamos na toada da série, sei que muitos cansaram de acompanhar, mas o legado de 270 artigos serve de consulta para os interessados.

O deleite a alegria também esteve presente neste mês, começado pela reta final do tratamento de Leucemia da minha filha Letícia ( Falta Pouco…) o que me fez fazer algumas reflexões compartilhadas aqui ( Travessia e Breathe). Mas, o maior prazer tem sido musicar a véspera do fim de semana de todos nós, uma coleção de artigos leves e prazerosos: Vide Cor Meum – Hannibal , Non Nobis Domine e #3Anos do Blog – Trem da Música. também voltei aos clássicos, o que me deixa mais contente – Faetonte – O Brilho Fugaz , Faetonte – A Queda e Comédia Divina .

Olha, foi intenso, obrigado pelo carinho, os comentários e os debates que produzimos aqui e nas redes sociais, reforço o convite para assinar o Blog.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: