#3Anos do Blog – Reafirmação

 

 

E hoje chegou o dia dos 3 anos do Blog, os posts anteriores comemorativos ao aniversário( #3Anos do Blog: Das Imagens , #3Anos do Blog: Do Autor , #3Anos do Blog: Dos Temas e #3Anos do Blog: Dos Posts ) cada um tratou de um aspecto deste espaço, este novo artigo é apenas uma reafirmação de compromisso, de que ainda há energia suficiente para continuar e produzir um pouco mais, esta força vem dos milhares de leitores(quem diria que iria chegar a tantos?).

A reflexão dos dois anos estão mais que atualizada, por isto vou repetir:

“O blog completa hoje dois anos de vida, parece muito pouco, mas, para mim, são uma eternidade, muitas mudanças de rota e enfoque, mas sempre preservando uma conduta clara de compromisso com o que defendo e coerência no que penso e no que faço na vida.

Hoje fecho um ciclo, pensando novos caminhos, largar coisas que não funcionam e buscar outras que me satisfaçam, talvez o ritmo que me impus nos últimos meses não seja compatível com minha vida cotidiana. Durante este dois anos aprimorei alguma técnica de escrever, de buscar assuntos e temas, desenvolver histórias e me relacionar com as pessoas mais próximas ao blog.

O blog se tornou mais militante do que gostaria, pois o que menos queria era que virasse uma obrigação diária de dar resposta à conjuntura de qualquer tema, pois não sou partido, nem mesmo militante organizado, portanto não preciso ter compromisso de responder qualquer demanda que não as minhas. Talvez o que realmente seja ruim, quando se escreve para responder a realidade cotidiana, é não se ter respostas do que nós analisamos. Tola bobagem, vaidade, arrogância minha.

A própria necessidade cega de divulgar os posts via Twiter ou Facebook, era uma atitude militante demais, era pressionar as pessoas, que já têm suas vidas cheias de coisas, a lerem mais, se envolverem com mais problemas e analises de mundo que nem sempre terão tempo de fazê-lo. Compreendi que posso fazer mais simples, apenas escrever o que der vontade e também deixando a vontade para que leiam sem nenhuma obrigação. Evitando assim aquele suspiro profundo: “lá vem aquele link chato de novo”.

Aqui realizei coisas maravilhosas, que me orgulho muito, transcrevi parte do escrevi sobre literatura depois de mais de 20 anos, pude me livrar de umas folhas velhas com meus garranchos. Praticamente voltei ao Japão, depois de 15 anos de ter morado lá. Mais ainda, através do blog pude participar dos debates eleitorais, da cena política atual, da leitura da Crise 2.0. Mas principalmente de ter conhecidos pessoas incríveis, amigos que me tornaram melhor em muitas coisas.

Bem, o blog também serviu como terapia, mantive minha mente ocupada, alienada, das coisas que tenho enfrentando em minha vida, até nisto foi muito importante, juntei as forças que tinha, ou as fraquezas, e dei um fim mais útil do que ficar lamentando os males terríveis. Agora é seguir em frente, ficar mais leve, não menos contundente do que é”.

Percebam que nem mudei de Dois para Três, de tão presente que é o artigo. Mais uma vez obrigado aos que me leem, divulgam, debatem, incentivam, criticam, falam bem( ou mal), mas principalmente: não ficam indiferentes ao que aqui publico, saibam que estou mais forte, protegido pelas “armas de Jorge”, o protetor, mais feliz, quase completamente feliz,  o que devo muito ao blog.

O feito é tão grande que em 2 anos tinha escrito 175 ( 44 no primeiro ano, 131 no segundo), porém, apenas neste ano são 501 posts, totalizando agora 676 artigos. Os números são enormes, jamais imaginei que chegaria aqui, mas, por incrível que pareça, hoje, flui com naturalidade, quando me dou conta, os textos estão nascendo crescendo, tendo sequência, sem que precise me preocupar com a possibilidade não encontrar assunto, eles surgem do nada, ou de mim, mas, principalmente, da vida e do leitor.

Obrigado, sigamos, assinem, divulguem, do meu lado procurarei melhorar e ser mais atento e cuidadoso.

0 thoughts on “#3Anos do Blog – Reafirmação”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: