Blade Runner e a Trilha Sonora de Vangelis

 

 

Rutger Hauer em cena emblemática de Blade Runner

A sexta, pela tarde, é dia de Música da Sexta, aqui no blog. Tem vários meses que venho publicando pequenas notas sobre cantores, cantoras, bandas e grupos, que fazem parte das minhas memórias eletivas, compartilhando com os leitores este prazer. É a preparação para o fim de semana, algo leve que vai combinar com a perspectiva de um belo descanso ou não, propiciado pelos dias de folga semanal.

Este domingo é dia de Oscar, outra paixão deste blog, vamos procurar músicas que são trilhas sonoras, vencedoras ou não do Prêmio da academia, mas que venceram no meu coração. A trilha que mais me encanta, lógico, é de um dos meus filmes prediletos, para ver e antes que o mundo acabe ( Filmes Para que o Mundo não Acabe ). Blade Runner, filme de 1982, dirigido por Ridley Scott, teve sua trilha sonora criada pelo músico grego, Vangelis, que acabara de vencer o Oscar pela trilha de Carruagem de Fogo. Depois Vangelis voltou a fazer trilha sonora para Ridley Scott no filme 1492 – A conquista do Paraíso.

O filme sem a trilha sonora não seria nada, é um casamento perfeito e deixa mais marcante cada cena, ouço mentalmente as músicas e as cenas vêem à mente se misturando. Foi um trabalho grandioso, um filme não tão bem compreendido quando lançado, depois virou cult. Várias versões estendidas e não definitivas lançadas. A própria trilha sonora tem três versões, a primeira de 1982, com oito faixas.  Uma segunda versão, considerada “oficial” de 1994, com 12 músicas. Por fim, em 2007, uma versão em dois CDs com 24 faixas, em homenagem aos 25 anos do filme.

Espero que apreciem.

Vangelis – Blade Runner Blues

Imagem de Amostra do You Tube

8 thoughts on “Blade Runner e a Trilha Sonora de Vangelis”

    1. Quase seu xará,

      um compositor estupendo, gosto muito dele. Tinha um grupo grego de rocke progressivo Aphrodite’s Child, o Demis Roussos era vocalista, e Loukas Sideras. Ele é filho da geração de 1968, se refugiou em Paris, depois se fixou em Londres.
      Abraços,

      Arnobio

  1. Arnobio, um grande musico, nas trilhas sonoras é comparavel ao grande Morriconne. Quanto ao xará é verdade. Vangelis é o apelido de Evangelos que tambem é o meu nome. Abraço e obrigado por seus textos sempre inspirados e inspiradores.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: