#VaiBrasil : Sonho Olímpico

Olimpíadas: Mais do que Medalhas, sonhos e fantasias

 

Os jogos olímpicos dominou a pauta e a vida, como apreciador de esportes, em especial a festa das olimpíadas com amplo cardápio de jogos de altíssimo nível, fico me dividindo entre o trabalho, as passadas para ver o andamento das disputas, sobra para o blog o abandono. Assim é, e acredito ser bom, pois preciso de um tempo para pensar melhor todas as iniciativas e linhas deste espaço. O ritmo que imprimi ao blog estava alucinante, difícil de manter na mesma intensidade, principalmente na mesma qualidade.

Agora, durante as Olimpíadas, passo a escrever apenas quando realmente sentir que vale a pena, sem me preocupar em acompanhar “bit a a bit” a realidade, por exemplo da série sobre a Crise 2.0, mesmo que ontem tenha publicado dois posts: Crise 2.0:”Faremos tudo para Salvar o Euro”Crise 2.0: Medalha de Ouro para Desemprego na Europa, não será a tônica, nos próximos dias. Quero curtir, sonhar com medalhas, com vitórias, chorar as derrotas, imaginar que o Brasil pode ganhar mais ou quem sabe se preparar melhor. O prazer de ver estes eventos tão grandes, Olimpíadas e Copa do Mundo é uma utopia de celebração humana.

Por alguns dias o homem fica mais humano, a vida imita a arte, o esporte congraça e nos faz melhores. Óbvio que não esquecemos as duras lutas da vida, mas também temos a oportunidade de ver e fantasiar com um mundo mais digno. Os milhares de atletas, de tantos países, com chances ou não, estão ali, dando o melhor de si, competindo no seu mais profundo esforço, causando emoções tão grandes. Lances geniais, pequenas sutilezas, grandes conquistas, levando um pouco de alegria a povos que vivem momentos tão conturbados, atingidos por fome, miséria, desemprego e outros males até maiores como guerras e conflitos armados.

A primeira olimpíada das redes sociais em plena atividade, as milhares de opiniões e sentimentos expressos instantaneamente, a sensação de gritar um gol, ou comemorar um ponto no voleibol, aplaudir um movimento na ginástica, pular com uma vitória na natação, todos compartilhando, alguns xingando, tantos técnicos e especialistas em tudo, também faz parte do espetáculo. De certa forma, acabamos sabendo todos os resultados ou levados a ver outras competições com novos olhos, graças a esta interação geral. Pelo dinamismo de tantas competições ao mesmo tempo, não temos olhos de pavões, mas Twitter ajuda a “ver” quase tudo.

O controle remoto, quando em casa, é nervosamente manuseado, 8 canais buscados, mais a tela do note com varias janelas abertas, além de Twitter e Facebook, não se perde um lance, nos divertimos com tantas coisas juntas, sorrimos e esculhambamos quase simultaneamente, a coisa é tensa, quando coincide mais de 2 eventos importantes, por exemplo, hoje rolava judô e natação, brasileiro nas duas, com grandes chances, os olhos nas duas telas, mas a diversão é redobrada, a derrota de um é compensada pela vitória do outro e assim vamos.

Portanto já sabem, a “pausa” é por uma boa causa, pelo menos para mim. De vez em quando um post  sobre nossos esportes, como este ,Sarah e Kitadai, Judô brasileiro campeão, mas sem compromisso de fazer. Apenas torcer muito e gritar, tuitar:  #VaiBrasil.

A espetacular defesa de Fabí no Voleibol

Imagem de Amostra do You Tube

0 thoughts on “#VaiBrasil : Sonho Olímpico”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: