Viagens

 

 

 

Depois de escrever o post Angústia da Vida, sabia que não conseguiria dormir tão cedo, exceto por cansaço, coração acelerado, preocupação e ansiedade, tudo isto combinado ao fim de domingo, dar para imaginar o tamanho do desassossego, resolvi procura filmes, os mais leves possíveis, para distrair, não queria continuar na internet, nem ler. Eis que vi que estava para começa “Comer rezar e amar”, acabou sendo uma boa escolha.

 

Nem vou comentar sobre o filme, mas o que me levou à outra dimensão foi o tema viagem, algo que tenho longa experiência, fui/sou um grande viajante, morei em muitos lugares e revi todos os estados, cidades e até países que visitei/morei. Teve uma época, muito tempo atrás, que anotava cada viagem que fazia, lugar visitado, detalhes, talvez, quem sabe, escrever sobre estas experiências.

 

Algumas vezes contei neste blog algumas impressões de viagens, as mais completas foram  as 20 Crônicas do Japão, em que conto parte do foi viver no Japão, por quase 6 meses, tem muita coisa a falar sobre esta viagem, um dia retorno ao tema, talvez tenha sido a mais intensa mudança que tenha feito na vida, ontem senti falta destas viagens, não a viagem literal, mas de curtir um novo lugar.

 

Refazendo, no geral, meus caminhos:

  1. Nasci em Bela Cruz – CE em 1969;
  2. Mudei para Fortaleza – CE em 1981;
  3. Vim para São Paulo – Quando o amor acontece , em 1989;

 

Porém, aqui em São Paulo, passei a trabalhar viajando, implantações de sistemas de Telecomunicações, em particular telefonia celular por todo o Brasil, então em vários estados residi, quando falo morar é passar pelo menos dois meses num lugar. Sigam-me, onde  trabalhei:

  1. Campina Grande – PB de novembro de 1989 à Fevereiro de 1990;

 

2. Governador Valadares –  MG , Junho e Julho de 1990;



3.Ji-Paraná – RO, Agosto – Setembro de 1990;


4. Guarujá – SP de Setembro à Dezembro de 1990;

 

5. Florianópolis – SC de Fevereiro à Maio de 1991;

 

6. Porto Velho – RO de Maio a Agosto de 1991;

 

Parei de morar fora de São Paulo por 2 anos e meio(Agosto de 1991 a Dezembro de 1993), mas quando voltei a viajar, principalmente a trabalho, era por pouco tempo, apenas dias ou no máximo por uma semana. Em 1994 quando a telefonia móvel começou a engrenar passei a ir constantemente para as seguintes cidades: Campinas(SP), São José dos Campos (SP), Curitiba(PR), Londrina(PR), Maringá(PR), Salvador(BA) e Rio de Janeiro. Até que em  junho de 1996 fui morar no Japão ( Crônicas do Japão ), fiquei lá até Novembro.

 

 

Ao voltar do Japão, também voltei a um período de muitas viagens e morar em várias cidades do Brasil:

 

  1. Salvador – BA de Janeiro à Julho de 1997 e de Novembro de 2000 à Dezembro de 2001 na Costa do Sauípe;

 

2.  Porto Alegre – RS , durante o ano de 2001 eu me revezava entre Salvador e Porto Alegre;

 

3. #AmoRio : Declaração de Amor ao Rio de Janeiro, morei continuamente de  Janeiro à Julho de 2002, mas entre 1997 e 1999 trabalhava quase todo mês na cidade maravilhosa;

 

 

 

Nos anos de 2003 a 2007, reduzi drasticamente minha viagens longas, a permanência era de 1 ou 2 dias, em 2003 passei de janeiro à setembro indo toda semana a Brasília, reuniões na Anatel, mas sempre voltava no mesmo dia, pois estava estudando, fiz Direito nestes anos. Neste período o lugar mais constante, fora Brasília, eram as  reuniões na sede da empresa no Rio de Janeiro, mas raramente ficava mais que um dia.

Os anos de 2008, 2009 e parte de 2010, foram intensos de viagens a trabalho, praticamente toda segunda estava no aeroporto, me desdobrei num longo projeto que ia de Belo Horizonte a Manaus, então estive várias vezes e por semanas em :

 

< ol style="text-align: justify;">

  • Belo Horizonte – MG, pelo menos umas 10 vezes, quase sempre uma semana;
  •  

    1. Recife – PE , também umas 10 vezes e períodos de uma semana;

     

    1. Belém – PA, 4 vezes de uma semana;

    Além destas cidades, estive: Uberlândia(MG), Ipatinga(MG), Salvador (BA)(6 vezes), Vitória (ES)(3 vezes), Fortaleza(CE) (5 vezes), Natal(RN)(3 vezes), São Luís(MA), Santarém(PA), Manaus(AM), Teresina(PI). Foi uma época de rever lugares e conhecer mais de perto cidades.

     

    Estive ainda a passeio nos EUA, Chile, Bolívia, mas sempre tenho sede de conhecer mais, o período que estou vivendo não permite que viaje, inviabilidade de toda espécie, mas vamos vencer e voltar a viver novos roteiros, o Brasil sozinho é do tamanho de quase toda Europa, minhas futuras viagens tem que ser por lá, ver Roma, no filme ontem, me fez viajar, nem que seja em sonhos…

    http://maps.google.com.br/maps/ms?msa=0&msid=208179495239934021921.0004bb0fb8dae0a2c262f

     

    0 thoughts on “Viagens”

    1. “Minha vida é andar por esse País Pra ver se um dia descanso feliz. Guardando as recordações. Das terras onde passei. Andando pelos sertões. E dos amigos que lá deixei…”
      Viajamos com você, meu amigo, neste post afetivo e que toca a todos quantos já perambularam pelas estradas (hoje em dia, aero-estradas) desse nosso Brasil!
      E torcemos para que em breve você volte à vida de viajante, desta vez apenas por prazer!
      Abraços – a foto do Gasômetro é linda! Eu amo Porto Alegre!!!!

    2. Lindo post de hoje que cria o equilíbrio da angústia de ontem onde o fiel da balança está no conforto da memória, na beleza da natureza, do Brasil e de seu povo que tantas e tantas vezes apenas conta sua dor no silêncio interior. Essa alma brasileira que segue dia-a-dia superando suas mazelas e infortúnios com garra e supremacia, seja no trabalho duro, seja no artesanato tão complexo tecido no fio da criatividade.
      Força Letícia, força Arnóbio! bjs

    3. já viajei muito, por conta da militância, só “morei” fora do Recife por um período de 1 ano, mesmo assim numa escala de revesamento 10/20 dias, em Caruaru…
      Mas “importei” minha esposa de Limeira-SP, que também morou em Viçosa-MG, e é filha de uma Baiana de Itajuípe :)

    4. Uma delícia ler (é como se tivesse ouvindo)seus relatos amigo. Com certeza absoluta, viajamos juntos com você nesta narrativa despretensiosa e muito profunda apesar de resumida. Abraços querido!

    5. Que bom que tenhas viajado bastante e guardas boas lembranças, o que seria da vida sem historia, sem sonhos sem viagens.
      Ando muito preguiçosa para escrever, mais leio tudo que os amigos escrevem e vc o faz com maestria… parabéns
      Força em mais essa semana e nas próximas tmb p/ vc sua filha e todos.
      Abraços,

      Daci

    Deixe uma resposta

    %d blogueiros gostam disto: