Letícia e O Vendedor de Sonhos

Letícia no dia da pré-estréia do filme O vendedor de Sonhos
Letícia no dia da pré-estréia do filme O vendedor de Sonhos

Nestes últimos seis anos e meio vivemos uma montanha russa de emoções, vários sentimentos e experiências fortes, doloridas e hiatos de felicidades, choros e sorrisos. Nossa trajetória de vida mudou radicalmente ao descobrirmos a leucemia de nossa filha mais velha (#Leucemia: Quando ela bate na sua porta!). Aquela sexta, 11 de junho de 2010, virou um marco para todos nós, um medo enorme e ao mesmo tempo uma esperança de cura.

Entre idas e vindas do hospital Santa Catarina, aquela garota de menos de 13 anos, se tornou uma mocinha valente e guerreira, que sem nem saber ao certo o que se passava ali, lutou bravamente e venceu o primeiro tratamento, no final de 2012, já com seus belos 15 anos, tão bem comemorados e celebrados por toda nossa família e amigos da escola.

A felicidade da cura e a volta da vida normal, infelizmente foi quebrada mais uma vez pelas terríveis dores de uma recidiva, o ano era especial, vestibulares, aquele em que ela completaria 18 anos, os novos e brilhantes sonhos, novamente atravessado por um mal tão grave, com ameaças ainda mais graves. Dessa vez preferi a discrição e o silêncio sobre o que enfrentávamos, apenas os mais próximos acompanharam o que se passava, apenas um texto: O Resto é Silêncio.

O silêncio foi rompido para uma incrível comemoração, mesmo em condições tão adversas, internações, quase meio ano “perdido” no hospital, Letícia nos surpreendeu e passou em dois dos mais difíceis acessos às universidades do Brasil, Odontologia na USP (fuvest) e Ciências Tecnológicas na UFABC (via ENEM). Além de ficar nos classificáveis de medicina da UNIFESP. (Letícia, Uma Guerreira de Luz).

Nesse meio tempo, Letícia se inscreveu num site Make-A-Wish, querendo participar de set de filmagem, quem sabe uma pequena participação, mesmo com um filme tão lindo como sua própria história, mas sonhos são sonhos e esse era o dela, nem esperava que pudesse acontecer qualquer coisa, até ser chamado pela equipe do Site que queria nos conhecer e tentar realizar o sonho dela.

Alguns meses depois somos convidados para irmos ao Rio de Janeiro, veríamos um set de filmagem de uma grande produção, sem muitos detalhes, lá fomos nós. A equipe da Make A Wish conseguiu que a Letícia e a Luana estivessem não apenas no set, mas também que fossem figurantes do filme. Para nossa surpresa, eles deram uma “fala” no filme para Letícia e ainda uma segunda gravação em São Paulo.

Por uma grande coincidência, era a gravaçaõ do filme O Vendedor de Sonhos, baseado na obra de Augusto Cury, autor de vários livros, pesquisador e psiquiatra. A estória trata de superação, de questionamento do nosso modo de vida moderno, uma mensagem de esperança no meio do desespero. Dirigido por Jayme Monjardim e no elenco os atores Dan Stulbach, César Troncoso, Thiago Mendonça entre outros.

Todos eles foram extremamente generosos com a Letícia e com a Luana, um momento feliz que agora pode ser visto no cinema, a imagem dela no filme, seu nome nos créditos, um sonho dentro de um sonho. Uma esperança de que mais uma vez a Leucemia será vencida, as quimios semanais, desses dois anos, são diluídas nas lágrimas derramadas ali no escurinho do cinema.

São os mistérios da vida.

11 thoughts on “Letícia e O Vendedor de Sonhos”

  1. Parabéns ! Q linda, q guria talentosa : a vida te espera! A fabulosa aventura de jogar os dados e ,ou, escolher caminhos … desatar as amarras e descobrir. Só 1 vez, a cada segundo, e sempre com um pouquinho do q passou, no futuro: a vida está esperando para ser contada por ti. “Letícia esteve aqui”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: