Calor da Amizade

Dia de feriado, viagem muito tranquila, estava com certo receio de sair de casa, as imagens das estradas de São Paulo nestes feriados, desanima qualquer pessoa. Ontem,mais uma vez, tudo estava parado, quase desisti de viajar, mas o convite de amigos tão queridos era irrecusável, além do prazer de dirigir fora da cidade vale a pena. Ver um pouco de natureza, as meninas curtindo, já paga o sacrifício.

Tem mais de dois anos que não vinha a Campos do Jordão,  a paisagem natural da serra é belíssima, combinada à arquitetura da cidade, torna ainda mais bonita a cidade.  O começo do outono ainda não trouxe o frio intenso, só em junho, julho, que realmente a cidade esfria, ao mesmo tempo “ferve” com o verdadeiro enxame de turistas. Este feriado tem muita gente, mas nada de tumulto típico do inferno. Andamos pelo centrinho com relativa tranquilidade.

 

De noite, mesmo não estando tão frio, acendemos a lareira, aquele fogo mágico, o deus Héstia, tão importante para os lares antigos, hoje representando a nossa amizade. O bom papo e as brincadeiras, temperada pelo calor aconchegante da lareira, momentos ricos de renovação de sentimentos, desfrutando de ótimas companhias, planejamentos de mais viagens juntos, curtir mais a vida, esquecer as adversidades e buscar a felicidade no prazer da amizade, dividir nossas dores e alegrias.

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: