“Nada há de sério na existência humana, Tudo não passa de frivolidade” (Mabeth – W. Shakespeare) A Classe, ou seja 99% das pessoas, vive sob constante pressão: Terá o que comer amanhã, como pagar as contas que vencem na semana que vem ou, terá trabalho no próximo mês. São as […]

4

“O deus dos mortos, que adormece a todos, leva-me viva para os seus domínios sem que alguém cante o himeneu por mim, sem que na alcova nupcial me acolha um hino; caso-me com o negro inferno.” (Antígone – Sófocles) É quase certo que um punhado de pessoas muito próximas sentirão […]

“Sobre o que tememos e não mais sabemos o que temer, Senão flutuar sobre um mar selvagem e violento, À deriva.” (Macbeth – W. Shakespeare) Uma dor intensa, uma tristeza que aperta o peito, de repente é só o que nos resta, além de tolas palavras e vazias promessas de […]

“Foda-se a ventania, disse então para si mesmo, pensando que não devia ficar dando voltas e voltas em suas melancolias, pois conhecia o antídoto: uma garrafa de rum e uma mulher” (Ventos de Quaresma – Leonardo Padura) Agora dividido entre assistir um filme, uma série ou tentar escrever um novo […]

2

“Pois saibas sem sombra de dúvida que eu não trocaria minhas misérias pela tua servidão; acho preferível estar escravizado a este penhasco a ser o mensageiro fiel de Zeus teu pai. A injúrias responde-se assim, com injúrias” (O Prometeu Acorrentado – Ésquilo) Certo dia tive a certeza de que jamais […]

“Que não me caiba em sorte essa próspera vida de dor, nem essa felicidade, que dilacera o meu espírito!” (Medeia – Eurípedes) Há dias em que bate uma profunda tristeza, em que a falta de perspectiva é tão grande que você não enxerga mais a linha do horizonte. Por alguma […]

Estamos chegando ao final desse diário de bordo, de nossa maravilhosa ao Japão. Os dois últimos visitamos muitos lugares. Alguns inclusive que nem eu tinha ido antes, como a Tóquio Skytree a mais alta torre da cidade, em Asakusa. Também fomos conhecer Daiba, uma região que era meio abandonada nas […]

Domingo em Tóquio é dia de Harajuku com suas ruelas de comércio alternativo e cheio de brilho, quinquilharias, roupas e assessórios e muita paciência para acompanhar a linda mocinha. Shibuya e seus segredos como as “unhas” com manicure que parece saída de filmes futuristas. Dia de andar pelas avenidas, curtir […]

3

A viagem a Hiroshima se demonstra fundamental para reflexão sobre o horror das guerras, porém traz um sentimento de angústia, tristeza, que não é fácil de se recuperar. Voltamos assim, para Osaka, cancelamos a ida ao castelo de Himeji, apenas no fim do dia, em Dōtonbori nos recuperamos um pouco, […]

1

Nossa segunda “casa” nessa viagem ao Japão foi em Osaka, a belíssima cidade, que foi a última capital do império, antes de se estabelecer em Tóquio. Como dissemos antes, resolvemos ficar num hotel dentro da estação de Osaka, excelente em todos os sentidos: localização, conforto, beleza arquitetônica e ar de […]

Vamos em frente nas memórias sobre nossa segunda viagem ao Japão, uma espécie de “Crônicas do Japão“, volume II, 20 anos depois.  Aqui já foram publicados, nessa nova fase os textos:Japão: A Viagem em Números e Japão: Hotel, Transporte e Internet , Japão: Café, Comida, lanches., Japão: O que é Imperdível? Vol. I.  Esta segunda […]

4

Tenho muitas e muitas histórias para contar sobre a viagem da Luana, minha filha e grande guerreira, que tive o prazer de acompanhar nesses incríveis doze dias por Paris e Japão (Tóquio, Osaka, Hiroshima, Kyoto e Nara). Uma aventura que ela levará para sempre na memória, que foi muito além […]