A MPB um dia nos Redimirá.

1

 

A manhã do dia de São José (19/03), o padroeiro do Ceará, aqui em Fortaleza veio uma chuva fina, que na tradição matuta significa que o “inverno” será bom, sem a Seca, uma benção num tempo tão difícil e de tantas incertezas, a chuva é uma boa notícia no dia santo, porque ela tornará verdejante a paisagem sem vida, que água trará a esperança do florescer.

Logo cedo, na casa de minha irmã, a música dá conta de que ainda pode haver um chance de vida, diante dessa tsunami de desgraças, as artes talvez possam amenizar a dor.

Toca Elis, ela própria e sua filha, Maria Rita, cantando grandes composições de Belchior, João Bosco, Milton Nascimento, entremeadas por deliciosas histórias da maior cantora que o Brasil já teve. A genialidade de Elis Regina se constata não apenas em voz e interpretações memoráveis, mas a incrível capacidade de registrar discos geniais quase em única gravação e a escolha do seu feliz repertório.

Elis Regina teria completado 76 anos agora em 17 de março, a partida há 39 anos sempre nos parecerá injusta, precoce e nos enche de especulações sobre os rumos de Elis, suas escolhas e o que teria gravado, os shows arrebatadores, as entrevistas, a possibilidade de gravar com os talentosos filhos, que têm em Maria Rita uma continuadora tão forte e reverente à mãe.

Os grandes nomes da Música Popular Brasileira (MPB) continuam tocando numa seleção de músicas escolhidas por meu cunhado Giovany, um apaixonado por música, especialmente a brasileira. Depois de ouvir Elis é muito difícil escolher novos rumos, as conversar sobre ela, as visões e o que ela significa para MPB vai pulando na minha cabeça, ao mesmo tempo em que fui pensando em como compartilhar aqui.

Inevitável seguir sem ouvir Chico Buarque, velhas gravações encontradas no Youtube, e eis que entra uma versão de  Meu Caro Amigo, uma gravação em que Chico parece encantado com aqueles sambistas que o acompanham quase em reverência, o prazer incontido de felicidade mútua,  enche de graça aquela letra tão simbólica para aqueles anos terríveis que ameaçam voltar nesse tempo presente e inglório.

A riqueza da MPB é tão grande e serve como bálsamo para nossas dores, curar nossas feridas, quem sabe um dia fazer o Brasil se reencontrar consigo.

 

admin

Nascido em Bela Cruz (Ceará- Brasil), moro em São Paulo (São Paulo - Brasil), Técnico em Telecomunicações e Advogado. Autor do Livro - Crise 2.0: A Taxa de Lucro Reloaded.

One thought on “A MPB um dia nos Redimirá.

  1. Definitivamente, para mim, ouvir uma boa canção acalma a mente .
    Sempre recorro a MPB . Isso me leva a rememorar momentos vividos ao lado de grandes amigos e colegas maravilhos. Um saudosimos bom.

    Excelente trilha , da Elis.

Deixe uma resposta

Next Post

MPB e o Sopro de Esperança

sex mar 19 , 2021
Share this on WhatsApp Print 🖨 PDF 📄 eBook 📱 O Centésimo post de mais  um ano complicado tem que levantar o astral e continuar o outro post da manhã. Pela manhã o artigo A MPB um dia nos Redimirá. foi como um sopro de esperança num Brasil asfixiado pela […]

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: