I Follow Rivers

1
A belíssima fotografia de I Follow the River.
A belíssima fotografia de I Follow Rivers.

“Oh, I beg you: can I follow?
Oh, I ask you: why not always?
Be the ocean, where I unravel,
Be my only, be the water and I’m wading
You’re my river running high, run deep, run wild” (I Follow Rivers – Lykke Li)

Numa cena do filme francês, “Azul é a cor mais quente” (La vie d’Adèle), ouviu uma música linda, inesquecível, I Follow Rivers, da sueca Lykke Li (nome artístico Timotej Svensson Zachrisson) De tão envolvente ela grudou na mente por semanas, os versos, os significados mágicos da poesia, do rio que corre como a metáfora da vida.

Busquei saber de quem era a música e, claro, as mais variadas versões, tanto as de Lykke Li como de outros artistas e descobri uma interpretação sensacional de um grupo belga, Triggerfinger, que tornou a música ainda melhor, como se fosse possível.

Espero que curtam.

Lykke Li – I Follow Rivers (Director: Tarik Saleh)

Imagem de Amostra do You Tube

Triggerfinger – I Follow Rivers

Imagem de Amostra do You Tube

 

 

admin

Nascido em Bela Cruz (Ceará- Brasil), moro em São Paulo (São Paulo - Brasil), Técnico em Telecomunicações e Advogado. Autor do Livro - Crise 2.0: A Taxa de Lucro Reloaded.

One thought on “I Follow Rivers

Deixe uma resposta

Next Post

Expiação

sex Maio 22 , 2015
Share this on WhatsApp Talvez um dia perdido na memória pensei em mudar o mundo e/ou as pessoas, deve ter sido apenas um flash, um jogo de luz nas sombras, um desejo autoritário, impositivo, um voluntarismo tolo, fruto de uma compreensão errada sobre a vida, principalmente sobre o mundo. Tudo […]
%d blogueiros gostam disto: