Aquelas Mulheres de Brasília

1
Na Escuridão Ética, elas brilharam com luz própria.

Cassem o Mandato das Senadoras, aquelas mulheres de Brasília. Sem embargos: Fora barraqueiras, mal-educadas.

Sou completamente a favor da cassação. Pois elas não merecem conviver com esses “homens bons e de bens”, que votaram contra o Povo, que roubaram os nossos Direitos. Afinal, elas são as perturbadoras da Ordem, envergonham uma casa tão digna. Como puderam comer marmitas na mesa do Senado? Onde está o respeito pelos nobres senadores, senhores de escravos, de engenhos, donos das fábricas e dos bancos, ricos quatrocentões da Paulista ou da Vieira Souto, ou de toda boa avenida de cada capital?

Ah, quanto pecado cometeram aquelas mulheres. Parafraseando Chico: “Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Brasília”

Por um breve momento elas transformaram a maior derrota da classe trabalhadora nas últimas décadas, em poesia. A resistência corajosa contra os “Índios”, “Cajus” “Botafogos”, “mineirins” da vida, são exemplares. Até o apagão combina com a ESCURIDÃO ÉTICA, dos obscuros Senadores e do Governo Golpista corrupto até o teto que se apossou do Brasil, por via e graça de Patos e Paneleiros que pedia o fim da…Corrupção..

O Decoro, a comissão de ética, deve servir apenas para aquele senador  que diz que “mata se delata”, ou para o outro senador fazer “acordo com STF e com tudo”, quem sabe para o Senador do cartel dos trens, dos milhões da Suíça, que arruma uma internação e some do noticiário.  Aquelas mulheres de Brasília não têm DECORO, elas sujaram o nome dessa bendita casa, de homens tão probos, honrados e retos. Elas não podem mais comparecer à casa, para o bem…delas.

Que dia triste e cheio de esperança, foi ontem, o histórico dia 11 de julho de 2017. Lembraremos daquelas mulheres de Brasília toda vez que nossa Carteira de Trabalho seja sujada pelo “livre acordo”. Saberemos que elas resistiram, serão vistas como heroína de um tempo opaco, de homens pequenos, malvados e destruidores de qualquer futuro digno. Que se renderam ao Kapital, jogando o país na pior aventura sem volta.

Obrigado, Senadoras.

admin

Nascido em Bela Cruz (Ceará- Brasil), moro em São Paulo (São Paulo - Brasil), Técnico em Telecomunicações e Advogado. Autor do Livro - Crise 2.0: A Taxa de Lucro Reloaded.

One thought on “Aquelas Mulheres de Brasília

  1. Mulher sempre mulher se deputada consertam a casa se senadora colocam ordem no senado sao dedicadas sao inteligentes colocam qualquer marmanjo no chinelo diz a letra de uma musica mas vou muda la um pouco mulher tem vaidade mulher tem verdade no jeito de ser .

Deixe uma resposta

Next Post

O (Não) Mistério do Corinthians.

ter ago 8 , 2017
Share this on WhatsApp “Corinthians, Corinthians minha vida, Corinthians minha história, Corinthians meu amorrr”(Canto da Torcida) No dia 02 de dezembro de 2007, por volta das 18 horas, após empate entre Corinthians e Grêmio, aparece com olhos inchados, falando um português atravessado, uma figura meio estranha, cara esburacada, mas diz […]
%d blogueiros gostam disto: