Unidos Pela Cura

 

Fernanda e Letícia – Crisma e Amor

 

 

E, finalmente, chegamos ao 3 de dezembro, para a maioria de vocês será apenas mais uma modorrenta segunda-feira, do último mês do ano, cuja maior expectativa é chegar logo ao fim com Natal e Ano Novo. Para nós, é um grande dia, lá pelo início da tarde, minha filha mais velha, Letícia, fará sua última sessão de quimioterapia, fechando um longo, mais muito longo e tenebroso período, 30 meses de tanta dor e incertezas. Esperança, Fé, Amor e alegria sempre contida, nos marcou neste tempo todo.

Comecei o dia lembrando dos meus pais( O Dezembro na Fazenda dos Rochas ) a felicidade deles em relação aos netos, a preocupação com a Letícia, como será o dia de hoje, que deve encerrar esta longa angústia de todos nós. Aqui descrevi a trajetória  da doença, começando com o post  #Leucemia : Quando ela bate na sua porta! . Foram confissões, ida e vindas, quase uma centena de artigos, passionais e cheios de dores, alguns coloquei no roteiro :  A Força da Cura . Que dá uma pequena dimensão do que passamos e vivemos nestes 2 anos e meio.

No trabalho, tenho dois calendário com os anos 2010/2011 e 2012, preenchidos semana a semana, contadas uma a uma com se fosse um presidiário, o que na verdade é o que somos, diante de uma doença tão grave, principalmente porque atinge alguém a quem amamos mais do que a nós mesmo: nossos filhos. Esta noite não dormi, entre um cochilo e outro olhando nervosamente para o relógio, as últimas horas são mais tensas, não são fáceis de superar, acordei finalmente, o trajeto ao trabalho, a cabeça estava aqui, nestas palavras.

Hoje, serão notas cifradas, até o fim do dia, lembranças deste filme que vão povoar a minha cabeça, sugar minhas últimas energias. Os exames de sangue, feitos no sábado, preparatórios para quimio de hoje, foram excelentes, tudo conspira para que nada impeça o fim desta dor. Estamos muito próximos, algumas pequenas sequelas e cicatrizes ficarão, já aponta os exames gerais, mas nada que nos preocupe, como nos preocupamos estes anos todos, estamos nos instantes finais.

Ontem a Lelê fez a Crisma, o celebrante, Dom Celso Queiroz, um extraordinário bispo, braço direito de Dom Paulo, fez uma mensagem muito especial, um alento, um Bispo de 79 anos com a  fala tão jovial,ao dizer: “não importa se você acredita em Deus, se você acredita em Jesus, o importante mesmo é você acreditar no Amor, pois só ele é o caminho para vida”. Ali, ela recebeu mais um sacramento, com sua madrinha, Fernanda Escobar, uma irmã para nós, como Narciso, seu esposo. Ela estava em boas mãos, mais que uma preparação para o dia de hoje.

As mensagens que angariei, nestas 132 semanas de tratamento, foram de todas as direções e credos, sem distinção: Cristãos ( católico, evangélicos, pentecostais, espíritas), Judeus, Muçulmanos, Umbandistas, Budistas e Ateus.  Todos na torcida e na esperança de que Letícia seja curada plenamente. A todos vocês nosso muito obrigado.

Mais tarde, voltarei.

0 thoughts on “Unidos Pela Cura”

  1. Impossível não se emocionar e não lembrar de cada momento desses 30 meses…
    Agradecer a Deus pelo dia de hoje é primordial, é uma sensação impar, é acreditar nos milagres por Ele prometidos. Não há como esquecer tudo que foi vivido, mas o fato de termos a nossa Lelê na reta final de uma trajetória que requeriu união e amor incondicional da nossa família, e proporcionou um amadurecimento tão rápido e ao mesmo tempo tão sólido, é uma alegria imensa que brota dos nossos corações.
    Os posts, ao longo desses anos, nos aproximou de todas as angústias e alívios vividos, e hoje é o dia para AGRADECERMOS a Deus, pela vida da nossa Letícia, pela família que temos e pelo amor sem medidas que temos a graça de vivenciar. As noites mal dormidas, as orações, tudo valeu a pena…
    Parabéns meu tio querido, é uma grande etapa vencida! As noites mal dormidas, as orações, tudo valeu a pena. Hoje nossa princesinha vai superar definitivamente esse obstáculo.
    Parabéns Lê!! Você foi uma grande guerreira durante todo esse período e que o Sacramento recebido ontem lhe lembre sempre como és amada.

    Saudades…

  2. Oi, mano querido

    Estamos nessa luta durante esse longo e tenebroso 30 meses…mas tudo tem um fim, e graças a Deus chegou esse dia tão esperado por todos nós!!!Hoje é um dia de agradecermos a Deus pelo dom da vida da Letícia, pois apesar de todo sofrimento saímos vitoriosos…como sempre coloco: ” a tempestade vai passar…” amo vocês!!! beijos Letícia , SAÚDE!!!!SAÚDE!!!!

  3. Hoje,é um dia especial para nossa existência! as famílias Rocha e Lopes,Barreto e Alves,foram abençoadas com as graças divinas que Deus derramou sobre a Lê!Obrigado SENHOR por esse presente maravilhoso,pois neste Natal renascemos na cura da Letícia.Aos Amigos que foram solidários nesta luta nossos eternos agradecimentos,pois acreditamos na força da energia positiva em favor da LÊ ao Pai Criador toda Honrra e Glória!a Você meu irmão que sempre foi BOM de sentimento e propósito,a recompensa por todo BEM que faz e propaga ao mundo com sua inteligência privilegiada que nos brinda com seus escritos e comentários!

  4. Não importa a religião, o mais importante é a fé.
    Lendo o que você escreveu, lembrei do tio João Osmar quando vovô Raimundo Lopes faleceu. Ele falou mais ou menos assim:” Combati o bom combate, guardei a fé”.A fé realmente move montanhas.
    um cheiro.

  5. Nobim,
    Que bom que vencemos mais essa! Todos os dias agradecemos a Deus pela esperança, hoje agradecemos pela cura. Voces moram no meu coração. Estamos sempre aqui, pro que der e vier. Beijos dosces no coração (essa é da Gigi)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: