Outono

 

Luiz Guarnieri/Futura Press/Uol

 

Andando pelas ruas de São Paulo, o friozinho bate no rosto, parece que o outono chegou, desde ontem, temperatura caiu uns 10,12 graus, sinto que o ano “começou”, pelo menos para mim, e ele vai melhorando mais ainda até atingir o ponto alto em julho/agosto, com a temperatura bem baixa. Nesta época, a calma que o frescor causa, é um aliado para um maior equilíbrio, além de ser muito bom vestir casacos, sobretudos, as cobertas esquentando ao dormir. Trabalhar é mais gostoso, sair para almoçar, curtir um bom café.

 

Como escrevi hoje, está na hora de Voltar aos Clássicos, o clima frio nos faz ficar mais em casa, estimula que leiamos mais, acho que este ano voltarei a um antigo hábito de leituras de Shakespeare (Shakespeare – A paixão pelo Humano), é um alento, um novo fôlego e ânimo para sentir que a vida vai mudar e para melhor, voltar a respirar com mais certeza e esperança. Os últimos dois anos, não foram fáceis, agora tenho que pensar positivamente no presente e futuro.

 

O outono vem e com promessa de que serei mais uma vez feliz, como estas mudanças, aparentemente simples, influenciam nosso ser, alteram as expectativas, surpreendentemente  me vejo bem, forte, as nuvens carregadas, agora só para lembrar que teremos frio, não mais para lembrar tristeza ou preocupações, é muito bom sentir esta virada, mentalmente me fortalecer, e enfrentar os meses finais do meu maior desafio.

 

 

Lembro especialmente do Outono no Japão do Koyo, as folhas avermelhadas, a temperatura caindo significante depois do abafado verão, a mudança da paisagem, me marcou para sempre, passei a amar mais ainda a estação. A primeira que estive em São Paulo, também foi num Outono, estas coisa grudam na memória e tornam momentos inesquecíveis de nossas vidas. O outono passou a significar coisas boas, alegria.

 

Para finalizar, uma excelente música para homenagear a estação

 

Imagem de Amostra do You Tube

 

 

 

 

 

0 thoughts on “Outono”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: