“Ouso ao mundo lançar-me: aos bens e aos males; Arcar com temporais; sentir sem medo O estrondo de um naufrágio” (Fausto – Goethe) O mundo passou a experimentar uma grande mutação Política, Jurídica e Ideológica nos pós queda do Muro de Berlim, entretanto, a afirmação ampla dessa mudança, só se […]

“Uma reflexão sobre o destino da democracia, aqui e hoje, em Atenas é de algum modo perturbante, porque obriga a pensar o fim da democracia precisamente no lugar onde nasceu”.(Agamben, palestra em Atenas, novembro de 2013) No desassossego venho escrever, no silêncio da noite, de mais um domingo, que morre […]

“puluis et umbra sumus” (somos pó e sombra – Horácio) É a Economia, estúpido!!   Um recente documentário da HBO, Pânico: Crise Financeira de 2008, trata da questão da fantástica Crise de 2005/2008, partindo do ponto de vista dos principais cabeças que estavam no olho do furacão: Bush Jr, Presidente […]

“vês ali, amigo Sancho Pança, onde se descobrem trinta ou mais desaforados gigantes, com quem penso fazer batalha, e tirar-lhes a todos as vidas, e com cujos despojos começaremos a enriquecer; que esta é boa guerra, e bom serviço faz a Deus quem tira tão má raça da face da terra” (D. […]

“From morning to night I stayed out of sight Didn’t recognize I’d become No more than alive I’d barely survive In a word… Overrun”  (Wearing the inside out – Pink Floyd) Por vias tortas, totalmente alheias ao que desejava na vida, em circunstâncias completamente terríveis, decidi sair por alguns dias […]

“Hey, I felt the coldness of my winter I never thought it would ever go I cursed the gloom that set upon us, ‘pon us, ‘pon us, ‘pon us” (The Rain Song – Led Zeppelin)   Faz parte dessa quadrada em que vivemos, a impossibilidade de ter bom humor, menos […]

As Jornadas de Junho e o Giro à Direita do Brasil. “Não podem tuas armas fulgurantes, Mesmo feitas com têmpera celeste, Para ele constituir-te invulnerável: De fúteis esperanças não te iludas; A seu golpe mortal ninguém resiste, Ninguém…” (O Paraíso Perdido- John Milton) Houve uma guinada mundial à Direita, desde […]

2

“Os homens e as coisas se destacam como gemas fulgurantes; o êxtase é o estado permanente da sociedade; mas estas revoluções têm vida curta; logo atingem o auge, e uma longa modorra se apodera da sociedade antes que esta tenha aprendido a assimilar serenamente os resultados de seu período de […]