As Histórias e Narrativas das Organizações da Esquerda Brasileira.


A Convergência Socialista que deu origem ao PSTU tem uma rica história na luta política dos trabalhadores.

A esquerda precisa contar sua história e construir uma narrativa própria, de suas organizações, não importando se grandes ou pequenas, A história da militância política, a abnegação daqueles e daquelas, pessoas que se dedicaram, se doaram de forma generosa pela luta política, na defesa da classe trabalhadora e do povo, sacrificando, muitas vezes, suas vidas pessoas, as relações sociais e familiares.

Infelizmente ainda não assisti ao importante documentário LIBELU, sobre uma das organizações Liberdade e Luta, um dos grupos importantes que esteve na formação do Partido dos Trabalhadores (PT), e recebi várias indicações para que veja como imperdível. A minha querida Laura Capriglione, dos Jornalistas Livres, é uma das entrevistadas, o que me fez mais curioso em assistir, além da importância do grupo e da história das lutas dos trabalhadores e de suas organizações políticas.

Hoje vi um pequeno documentário em homenagem à companheira Célia Zanetti, que nos deixou quatros anos atrás. Ali tem sua enorme trajetória política nos anos de chumbo, vinda do interior de São Paulo para a Capital, as lutas estudantis, o risco de prisão ou morte, pelas mãos sangrentas da Ditadura Civil-Militar. Célia fugiu para Fortaleza em 1974 e permaneceu até a morte, em 2018, sendo fundamental nas lutas sociais, políticas do Ceará. Foi dirigente do Partido Revolucionário Operário (PRO) e depois do Grupo Crítica Radical.

Recebi depois um link com um belíssimo documentário sobre a organização política trotskista, a Convergência Socialista – CS (vídeo de novembro de 2011), que foi parte fundamental na luta de classes do Brasil, no enfrentamento da Ditadura, no movimento estudantil, sindical e político. Fez parte, como tendência interna, na construção do PT e da CUT,  rompendo depois, para construir o PSTU e a central sindical CSP-Conlutas.

Assiste com emoção e respeito, revi velhos camaradas com quem militei entre 1992 e 1998, primeiro como Frente Revolucionária, após a expulsão da Convergência Socialista do PT, formada por ela, que se somaram a cisão do Partido da Libertação Proletária (PLP) (grupo que era militante) e outros grupos regionais e figuras públicas de esquerda, dali, fundamos o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU). O documentário traz figuras importantes da CS, como a Maria José Lourenço (Zezé), Waldo Mermelstein, José Welmovicki (Zezoca), Zé Maria de Almeida, Bernardo Cerdeira, Eduardo Almeida, Ernesto Gradela.

As lutas políticas internas, as divisões, são partes importantes da história da luta de classes, a estratégia pelo Poder contra o capitalismo e as variadas táticas, dentro de uma sociedade cada vez mais complexa, em que as rupturas acabam sendo uma marca, sem que se explique ou mesmo justifique, como organizações chegam a seu fim, daí a importância de registrar, escrever, vídeos que contem as ricas experiências políticas, conhecer lutadores e suas decisões históricas.

 

 

 Save as PDF

Deixe uma resposta

Related Post

%d blogueiros gostam disto: