Companheiro Gushiken? Presente, Hoje e Sempre!

2

 

Gushiken: Um grande homem nos deixou, guardaremos suas ideias.
Gushiken: Um grande homem nos deixou, guardaremos suas ideias.

 

Mesmo sendo um dia triste demais, o velório de Luiz Guishiken, todos nós ali lamentando a perda de um dos maiores quadros da Esquerda brasileira, a maior lição que posso tirar, sem dúvida, foi ver a SOLIDARIEDADE e a emoção compartilhada entre várias gerações de militantes. Ontem tinha escrito sobre nossa dor de ver o que fizeram ao mestre “China”, no post  Ao companheiro Luiz Gushiken, hoje tive a honra de ali, anonimamente, abraçar e cumprimentar esta geração guerreira.

A tensão pelo momento que passamos com o julgamento do famigerado processo do “mensalão”, a dor da perda, a dó de ver aqueles quadros envelhecidos, muitos de bengalas, com dificuldades de andar, tendo pessoas a ajudá-las, mas todos cumprindo seu mais importante dever humano e militante: Ser Solidário, fraterno e amigo com os que partem e com os que ficam, a família, os entes queridos e os companheiros de luta.

Ricardo Queiroz e eu optamos por não fotografar nada, ou escrever nas redes sociais, enquanto estávamos lá, apenas guardar as imagens deste encontro único e histórico. Ali não tinha Presidentes da República, Ministros, deputados, mas sim militantes, de gente real, com suas histórias, acertos e erros. Uma belíssima cerimônia Bahá’í, que uniu reflexão filosófica, política e espiritual. Luiz Gushiken nos deixa, mas não esqueceremos sua luta. Um ambiente de grande pesar e encontro de toda a geração de esquerda dos últimos 40 anos.

Uma lembrança triste, a ausência do “ativismo digital”, que de é tão “profundo” acha até a solidariedade militante deve ser feita via Facebook ou Twitter, pena que as pessoas de “carne e osso” preferem o velho abraço, aperto de mãos e olhar nos olhos. Sentir o calor humano, a sinceridade do que se escreve por aqui, não pode ser apenas formalidade.

Gushiken? Presente, Hoje e Sempre.

admin

Nascido em Bela Cruz (Ceará- Brasil), moro em São Paulo (São Paulo - Brasil), Técnico em Telecomunicações e Advogado. Autor do Livro - Crise 2.0: A Taxa de Lucro Reloaded.

2 thoughts on “Companheiro Gushiken? Presente, Hoje e Sempre!

Deixe uma resposta

Next Post

O Outono da Velha Guarda Petista

seg set 16 , 2013
Share this on WhatsApp   “Pra lhe dizer que isso é pecado Eu trago o peito tão marcado De lembranças do passado E você sabe a razão Vou colecionar mais um soneto Outro retrato em branco e preto A maltratar meu coração” (Retrato em Branco e Preto – Chico Buarque) […]
%d blogueiros gostam disto: