Obrigado Corinthians!

 

 

“ser corinthiano é ir além, de ser ou não ser o primeiro,
ser corinthiano é ser também, um pouco mais brasileiro”  

(Corinthians do Meu Coração – Toquinho)

 

Os meus últimos post foram apenas de comemoração do melhor ano da história do meu amado time, o Corinthians, são emoções que se misturaram aos meus três anos mais difíceis da vida, acabou sendo uma maravilhosa dose de viagem e sonho. Tantas vezes sonhei, ou melhor, sonhamos, todos do bando de loucos, com um ano perfeito, mas parecia que nunca chegaria, finalmente chegou, coincidiu com meu momento mais dramático da vida, que de alguma forma, me fez reprimir a imensa alegria com as vitórias, ver o post #VaiCorinthians : O Mundo Não Acabou.

Nos meus antigos sonhos, vencer a libertadores seria algo para extravasar por muitos dias, retribuir as longas gozações sofridas por tantos anos, pelas derrotas, piadas, algumas com doses cavalares de preconceitos, contra um time de massas, ligados desde sempre ao povão mais simples. Ali se exercia a licença “poética” de tratar o corintiano como favelado, pobre, analfabeto, ladrão, sem dentes e tantas coisas mais. Pensava, quando ganharmos irei à forrar, bem, nada aconteceu o momento pessoal delicado, ainda bem, não permitiu, nem acho que deveria fazê-lo. Vencemos, sorrimos, ficamos felizes e a vida segue, mais feliz, claro.

Quanto ao título mundial, que sorte que ainda foi no Japão, já imaginaram se fosse no Marrocos? diriam que não valia, pois os campeões teriam que jogar lá no outro lado do mundo, tudo conspirou para que desse certo. Ganhamos o último mundial “fixo” no Japão, lá em Yokohama, contra um timaço da Inglaterra, de um bilionário russo, de origem para lá de suspeita. Temi também que o adversário fosse o Monterrey, sem demérito aos mexicanos, mas seria visto como vitória menor, tinha que ser contra o Chelsea, para que se tornasse ainda maior a conquista.

Exorcismo total, reconhecimento, mérito, êxtase, tanto no aspecto amplo da vida, do meu time, como no privado, posso comemorar a saúde da minha filha, uma vitória seguida da outra, um alento cada vez maior, para uma felicidade incrível, neste ano para lá de espetacular. Mais uma vez a emoção da vitória, não foi o arroubo sonhado, foi contido, em casa, com minha família, sorrindo com os amigos, tornando leve o momento, chorando a cada vez que toca o hino, ou quando vejo uma aglomeração, uma história dos malucos que foram ao Japão.

Nestas páginas do blog, são os momentos de maior explosão, de soltar as emoções, de afirmar os meus mais sinceros sentimentos, mas sempre olhando com respeito e carinho os amigos, respeitando seus times, mas exaltando mais forte o meu, o maior time do mundo, sem nenhuma contestação. Obrigado Timão, por completar minha felicidade, de puder rir e chorar de alegrias, sentir o nó na garganta pelo seus feitos.

PS:  Ah, a camisa nova, com título de TUDO, já comprei, espero que entreguem antes do natal.

Corinthians do Meu Coração – Toquinho

Imagem de Amostra do You Tube

0 thoughts on “Obrigado Corinthians!”

  1. Parabéns meu amigo, não só pelas vitórias de nosso glorioso Timão, mas pela maior de todas as vitórias, a de toda a sua família nessa difícil luta para cura da sobrinha, comemore todos os dias daqui para frente,
    TFA,
    Wenceslau

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: