dorme à vontade, mas fica sabendo: as dívidas que hoje me atormentam a ti atormentar irão um dia. (As Nuvens – Aristófanes ) Ano novo continuamos na velha série sobre a Crise 2.0, agora tentando aprofundar alguns conceitos, e combater velha cegueira, quase um misticismo entre nós, […]