Odisséia – Resumo

 

 

Odisséia


Autor: Possivelmente Homero

Resumo: Retorno do Herói Grego Odisseus  à Grécia, após sua participação na Guerra de Tróia

Acontecimentos anteriores

Após a morte de Heitor e Aquiles, os maiores expoentes da Guerra de Tróia, depois de 10 anos de cerco grego, há um grande impasse na armada grega, muitos homens já cansados da guerra e longe de suas casas, sem perspectiva de queda das muralhas invencíveis de Tróia, querem o retorno imediato. Odisseus e Diomendes tem a idéia genial de ludibriar os troianos dando-lhes o famoso “presente de grego”, o Cavalo de Tróia. Com o sucesso no invento, destruída a cidade e em posse de seus espólios de guerra, começa o retorno à Grécia.

 

 

O Livro


 

Telamaquia

 

A história começa com o filho de Odisseus, o jovem Telâmaco indo aos reinos vizinhos à Ítaca, Pilio e Lacedomia, para saber notícias do de seu pai que decorrido quase 10 anos do fim da guerra ainda não voltara para casa. Também vai pedira ajuda aos reis amigos pois seu palácio fora invadido por 108 pretendentes à mão de Penélope, pois passado 20 anos ela deveria casar-se novamente e Ítaca deveria ter um novo rei.(esta parte do canto I a V, é conhecida como Telamaquia e parece desconectada da história em geral,provavelmente escrita por outro autor, mas inserida como parte da Odisséia)

Neste momento, apartir do cantoVI, Odisseus consegue finalmente  sair de Ogígia numa pequena jangada, que infelizmente naufraga e ele acaba no reino do Feácios, salvo por uma filha do Rei Alcinoo ele não se revela, apenas na presença do Aedo Demodoco (Homero representado por si), quando este começa cantar as aventuras dos gregos em Tróia. Emocionado Odisseus se revela e passa a narrar todas as suas desventuras até o último naufrágio.

 

 

Aedo Demodoco


Conta que após o saque de Tróia ele foi amaldiçoado pelo deuses por sua artimanha em criar o cavalo, um embuste imperdoável. Para complicar ele furou o olho do Gigante Cíclope, Polifemo, filho de Poseidon, senhor dos mares, que por vigança faz com que as naves  de Odisseus naufraguem, apenas ele sobrevive.

Circe e Calipso

(Circe)

(calipso)

Ele fica um ano ao lado da Ninfa Circe e só depois de visitar o Hades, e saber por Tirésias do que tem fazer é que ele parte de volta na viagem. Ele consegue sobreviver ao canto das Sereias, a passagem dos monstros marinhos, mas Poseidon o persegue, ele acaba indo parar na Ilha de Hélio, seus marinheiros o desobedecem e matam as vacas do deus Sol, o castigo é que ao embarcarem ele voltam a naufrgar, Odisseus sobrevive e passa a viver com a musa Calipso, ficando com ela por volta de 7 anos.

 

(Odisseus e as Sereias)

 

Angustiado com o sofrimento do amado, Calipso pede a Palas Atena que liberte Odisseus do seu castigo, ele é finalmente enviado a Ítaca numa janganda, mas Poseidon ainda o persegue e ele acaba ali no reino dos feácios.

 

 

A volta a Ítaca

 

 

A última parte relata a sua chegada a Ítaca, seu palácio invadido pelos pretendentes à mão de Penélope, Odisseus disfarça-se de velho e entra no palácio finalmente. A pressão sob Penélope torna-se insuportável e os pretendentes exigem que ela escolha um entre eles imediatamente. A solução encontrada foi simples, aquele que conseguisse disparar com o arco de Odisseus seria o escolhido.

Um a um dos pretendentes foram tentando curvar o arco, até que o “velho” pede para tentar, foi motivo de troça, mas deixam-no, para surpresa geral ele manipula o arco e com a ajuda de Telemaco mata a todos os pretendente.

Depois de 20 anos, 10 de ida e 10 de volta, Odisseus finalmente retoma o trono de Ítaca ao lado de Penélope, que lhe fora fiel neste longo tempo.

 

8 thoughts on “Odisséia – Resumo”

  1. Odisseu foi amaldiçoado por Poseidon por conta do cegamento do ciclope Polifemo, apenas… Não há relação com o cavalo de Tróia e sua punição divina

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: