Homero – Um Roteiro

 

 

 

Ilíada - Homero

 

“Com sacrifícios e preces amáveis, com libações e fumaça das oferendas, os homens os conquistam pelas súplicas, quando alguém transgrediu e errou” ( Ilíada ,Canto IX, Homero)


Como a atividade de blogar é muito dinâmica, os textos publicados se perdem com facilidade entre um e outro, também pela minha “produtividade” ter aumentado no último ano, resolvi fazer pequenas sínteses de estudos, artigos, para facilitar novos leitores com roteiros temáticos que vão além da categorias que hoje compõe o blog. Esta tentativa de trazer para hoje, textos mais antigos e , muitas vezes dará uma unidade lógica de meus pensamentos, teses e ideias. Assim, também, facilita o diálogo e a retomada de temas.

 

Estou voltado, nestas últimas semanas, aos estudos sobre Grécia Antiga, meu ponto de partida sempre foi a Ilíada e Odisseia, as obras fundamentais do mundo grego, dentro delas estão gestadas todos os vetores para que os temas fossem tão, maravilhosamente, ampliados, tanto nas tragédias, como comédias. Para além delas na história, estética. Inicialmente comecei a publicar os resumos sobre as duas obras aqui:

  1. Ilíada – Ficha de reseumo(1996)
  2. Odisseia – Resumo

Logo depois, publiquei duas analises focadas na questão política e Psicológica das imortais obras de Homero, os estudos foram feitos por vários anos de acumulo de debates e visões coletadas sobre elas. Procuro trazer as ideias centrais e reflexos delas nestes campos:

  1. Análise de Ilíada/Odisséia – Visão Política
  2. Análise de Ilíada/Odisséia – Visão Psicológica

 

São estudos gerais, que tentam, primeiro, tornar a leitura atrativa, dando uma visão resumida dos temas delas, segundo, as análises servem para dar um sentido mais próprio do que representavam Ilíada e Odisseia para a sociedade grega, os traços políticos(valores sociais, leis, influências, Estado, Poder). Óbvio que a influência no imaginário, nos arquétipos, mitos, deuses, tem um profundo peso naquele homem, daquela sociedade, que magistralmente compreende sua realidade e a descreve por força de sua psiquê. O que faço é alinhavar estas ideias e trazer aos meus amigos que me leem, algo que fiz tanto e tanto oralmente, não como objeto de puro diletantismo, mas para que eles conheçam mais profundamente este mundo que tanto nos ajudou a sermos o que somos: Humanos.

 

Recentemente, como falei acima, retomo o estudos dos livros essenciais ao mundo ocidental, pensava em publicar poema a poema e analisá-los um a um, tanto da Ilíada como da Odisseia, mas não sei é o local adequado, a ideia não estar afastada, mas adiada, talvez um outro veículo, mas específico seja o caminho. Mas resolvi, pelo menos publicar umas criticas mais pontuais as duas obras:

  1. Ilíada, leituras
  2. Traduções Gregas

São posts com objetivo de voltar a dialogar com os textos de Homero, uma oportunidade de poder amar perdidamente como antes, além de uma crítica sobre traduções e contextos analisados da Ilíada.

 

Agora com este roteiro de Homero, espero ajudar, para que vocês também se animem a ler e amar o maior bardo grego, a se enfronhar neste mundo cheio de mistérios e sonhos, a se reconhecer em homens, heróis e deuses. Saber que no fundo, tudo aquilo, somos nós de forma humana, mítica ou etérea.

0 thoughts on “Homero – Um Roteiro”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: