A humanidade está chegando ao seu impasse final: Civilização x Barbárie. A incrível capacidade produtiva mundial de bens e serviços, cada vez mais sofisticados, com  a enorme produção de riqueza, mas esta tem como limite a apropriação privada, ou para quem se destina toda essa série de espantosos avanços científicos […]

Brasil parece Inviável, o mundo mutante. Há dois anos, me lembra o facebook, sobre esse texto, num momento extremamente difícil da minha vida pessoal, sem no entanto perder de vista a realidade do Brasil e do mundo. Escrevi que “para muito além da minha tragédia pessoal, o mais difícil de […]

“Você não sente, não vê Mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo Que uma nova mudança, em breve, vai acontecer E o que algum tempo era novo, jovem, hoje é antigo” (Velha Roupa Colorida – Belchior) A última grande Crise do Capitalismo, 2005-2008 (que denominamos de Crise 2.0), […]

“dorme à vontade, mas fica sabendo: as dívidas que hoje me atormentam a ti atormentar irão um dia. (As Nuvens – Aristófanes) O debate sobre a produção de valor é o mais fundamental de todos os debates, sem ele ficamos andando às cegas, escolhendo pontos isolados ou abraçando visões que, […]

“Quem com sua pobreza está contente, é rico, muito rico; nas riquezas infinitas são como o frio inverno, para quem medo tem de ficar pobre” (Otelo, Shakespeare) O Calor recorde do hemisfério norte, no verão que está sendo conhecido como um dos mais quentes da história, com temperatura de 45º […]

“A vida da indústria se converte numa sequência de períodos de vitalidade mediana, prosperidade, superprodução, crise e estagnação” (Marx, O Capital, Livro I) A nova miragem tecnológica se aproxima de seu lançamento, a 5G, a quinta geração dos sistemas celulares, também conhecida como Internet das Coisas (leia mais clicando aqui: […]

“puluis et umbra sumus” (somos pó e sombra – Horácio) É a Economia, estúpido!!   Um recente documentário da HBO, Pânico: Crise Financeira de 2008, trata da questão da fantástica Crise de 2005/2008, partindo do ponto de vista dos principais cabeças que estavam no olho do furacão: Bush Jr, Presidente […]

“vês ali, amigo Sancho Pança, onde se descobrem trinta ou mais desaforados gigantes, com quem penso fazer batalha, e tirar-lhes a todos as vidas, e com cujos despojos começaremos a enriquecer; que esta é boa guerra, e bom serviço faz a Deus quem tira tão má raça da face da terra” (D. […]

“Cada crise destrói regularmente não só uma grande massa de produtos fabricados como também uma grande parte das próprias forças produtivas já criadas. Uma epidemia, que em qualquer época teria parecido um paradoxo, desaba sobre a sociedade – a epidemia da superprodução. A sociedade vê-se subitamente reconduzida a um estado […]

2

“Os homens e as coisas se destacam como gemas fulgurantes; o êxtase é o estado permanente da sociedade; mas estas revoluções têm vida curta; logo atingem o auge, e uma longa modorra se apodera da sociedade antes que esta tenha aprendido a assimilar serenamente os resultados de seu período de […]