1

“É preciso amar as pessoas Como se não houvesse amanhã Por que se você parar pra pensar Na verdade não há” (Pais e Filhos – Legião Urbana) A letra remete ao tempo presente, ao viver o dia como se fosse o último, como se não houvesse futuro, nem esperança, apenas […]

1

O Brasil passou do ponto, atravessou o Rubicão, ou qualquer definição vulgar ou sofisticada. Aqui não se trata de moralismo, o que sobrou de sentimento ao país foi o de cinismo, completo, sem nenhum pudor, espalhou-se em cima e embaixo, por todas as camadas sociais e políticas. Ri de tudo […]

“O curso de minha vida Chegou ao seu outono, à folha seca e esmaecida” (Macbeth – Shakespeare) Muitas vezes penso que esse Blog só sobrevive por muita teimosia minha, ele segue, apenas por essa obstinação, seria mais simples apagar tudo, esquecer e sumir ao vento como as bruxas de Macbeth. […]

“E após com ótimas armas Crono de curvo pensar, filho o mais terrível: detestou o florescente pai” (Teogonia – Hesíodo) Vivemos ondas de senoides sincronizadas que se somam e trazem resultados que colocam a humanidade em xeque. As várias frequências que entraram numa mesma sintonia, quase interferência, a vibrar num […]

  “Que nos ensine, pois, a ser pacientes a nossa provação, já que é desdita fatal dos namorados, como os sonhos, pensamentos, suspiros, dores, lágrimas, do pobre amor são companheiros certos” (Sonho de uma noite de Verão – W. Shakespeare) E tudo chega ao fim, pois há uma dialética nos […]

A fome fascista não tem limites. Esse reflorescimento do Fascismo ganhou impulso depois da crise mundial de 2008, quando o Estado mais uma vez salvou os bancos e empresas, criou mais bilionários e excluí de forma cruel os milhões de trabalhadores. Esse era o campo fértil para as ideias arrivistas, […]

“O Trabalho Empobrece o Homem” (Piada interna no antigo trabalho) Nunca se teve tanto tempo para se descansar e dormir, no entanto parece que todos estão mais exaustos pelo descanso excessivo. Qual a razão para essa enorme contradição que a quarentena/isolamento social veio a expôr? A sociedade do trabalho (e […]

1

“Você não sente, não vê Mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo Que uma nova mudança, em breve, vai acontecer” (Velha Roupa Colorida – Belchior) Diário de um náufrago, dia 16 de abril de 2020. São 35 dias em casa, 5 semanas, recluso, exceto às saídas tensas de […]

A evolução da pandemia e seus números pornográficos dão uma tremenda sensação de torpor e impotência. Em 25 de março atingiu 500 mil infectados e 22 mil mortos. Apenas oito dias depois, 02 de abril, hum milhão de infectados e 52 mortos. Hoje, doze dias depois, 2 milhões de infectados, […]