Há um hiato, uma fenda, entre o espaço público e o espaço privado que um (a) cidadão (ã) ocupa, que é a questão humana. É essa réstia de sol que ilumina e que nos relembra o que há de humano em nós e que pode ir além das questões políticas, […]