Ariano Suassuna – Pregando Peça em Nós.

Ariano Suassuna, o mestre e sua força.
Ariano Suassuna, o mestre e sua força.

O bairrismo cearense e sua birra com Pernambuco sempre teve um ar de folclore, então dizíamos que os maiores personagens daquele “estado vizinho da Paraíba”, tinham nascido cearenses: Miguel Arraes e Dom Hélder Câmara. O terceiro era paraibano, Ariano Suassuna. Claro que fazíamos questão de esquecer-se do grande Luiz Gonzaga, de Alceu Valença ou de João Cabral de Melo Neto, todos pernambucanos da gema. O que contava era a galhofa, que nenhum de nós levava muito a sério.

Recontar estas brincadeiras é tentar amenizar a tristeza pela doença grave do grande brasileiro e nordestino, Ariano Suassuna, pois antes de ser pernambucano ou paraibano, o mestre é brasileiro, mais ainda um nordestino com imenso orgulho de sua terra e gente, que através de sua imensa arte e iluminação, escreveu, cantou, dançou, profetizou e propagandeou uma rica cultura, a identidade de pessoas e vidas, tão sofridas, mas tão felizes e alegres, que no meio da desgraça, encontra tempo para sua graça.

Na segunda metade do século XX até os dias atuais, Ariano Suassuna, que foi advogado, por formação, mas o homem-espetáculo, por definição, pregou e exerceu sempre a profissão de divulgador e criador da arte nordestina, suas peças, livros, estudos e principalmente suas aulas tão cheias de graça, criatividade e principalmente cultura, encantava estudantes e curiosos, a vitalidade e o amor a arte e cultura brasileira. A busca de uma identidade barroca e erudita a partir de elementos populares através do revolucionário movimento Armorial.

A presença deste homem multimídia, quando nem se tinha noção do que era isto, Ariano, juntava tantas manifestações culturais em torno de si, era teatro, era música, era poesia, mas principalmente a de proseador, contador de causos, anedotas, que sempre frequentou meu imaginário desde quando era criança. Suas palestras-espetáculos do Secretário de Estado são memoráveis, nada lembravam os gabinetes sisudos dos burocratas, inclusive os de cultura, tudo nele é diferente, tudo nele se transforma em arte e celebração do homem e da vida.

Nestes últimos dias houve várias perdas importantes da literatura e cultura brasileira, Rubem Alves, João Ubaldo, então fico na esperança de que, a exemplo de João Grilo, Ariano, possa enganar a morte e continuar a nos iluminar com sua arte. A alegria de tudo que produziu sempre vai nos alimentar, não se acaba com sua ida ao outro lado, mas quem sabe ele ainda nos conte um pouco mais de suas aventuras, com aquela graça de sempre?

Viva Ariano Suassuna!

Ariano Suassuna – Auto da Compadecida

Palestra de Abertura do Festival da Juventude 2013 com Ariano Suassuna – Vitória da Conquista, Bahia

Imagem de Amostra do You Tube

Ariano Suassuna_Raízes Populares da Cultura Brasileira_parte 1

Imagem de Amostra do You Tube

Ariano Suassuna_Raízes Populares da Cultura Brasileira_parte 2

Imagem de Amostra do You Tube

2 thoughts on “Ariano Suassuna – Pregando Peça em Nós.”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: