Domingo, O Eterno Retorno

 

 

O fim de domingo não é fácil, imagino que para ninguém, é o ponto de retorno de toda semana, aquele eterno recomeço anunciado, que, por rebeldia, o negamos. Ficamos num estado de espírito terrível, qualquer contrariedade, a mínima que seja, conseguimos transformar num enorme e delicado problema, parece incrível como não conseguimos relaxar, pois as grandes unhas da segunda, ameaça nos pegar.

Os anos passando e vamos tentando de todas as formas mudar este sentimento de melancolia, nem sempre com sucesso, quando parece que avançamos, a voz do faustão ou a musiquinha do fantástico te remetem à desgraça. Já pensei em trabalhar no domingo e folgar na segunda, tola ideia, as obrigações da segunda te obriga a viver o domingo e as dúvidas da semana, que ele traz à tona. O domingo é marcante, mesmo quando estamos de férias, ele nos avisa que os demais terão que acordar cedo na segunda e voltar ao trabalho.

Um filme, no fim do dia, esquecer e viajar no tempo, para frente ou para trás, sair da realidade, do resultado do futebol, das alegrias ou tristezas, das frustrações, para ter algum alento para enfrentar a temida segunda. Ou quem sabe, ouvir suas músicas, que te transportem à outros lugares, outras vidas e existência, afinal a criação musical tem o maravilhoso poder de ser um bálsamo para alma, mesmo as mais atormentadas, pelo tempo ou pela vida.

Boa Semana e Segunda para Todos e Todas.

Alceu Valença – La Belle de Jou

Imagem de Amostra do You Tube

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: