Haddad: O Futuro Venceu

 

O dia amanheceu mais quente do que o normal, para esta época do ano, abafado e com baixíssima umidade, o que, mesmo num domingo, deixa o ar mais poluído. Parecia uma repetição nas condições metereológicas, do que foi São Paulo nos últimos 8 anos, uma cidade suja, sem prefeito, urbanidade e esperança. Quanto mais avançava o dia, mais parecia que seria mais longo e ruim, mas lá pelas uma 16 horas, as urnas quase fechando, o tempo muda radicalmente, uma longa e refrescante chuva veio forte e firme, como se quisesse “limpar” a cidade.

O calor se fez ameno, o ar respirável, uma esperança brotou no arco íris, para marcar com as cores tão significativas o fim de uma era de intolerância, um armistício de paz, diante de um tão longo tempo ruim e sujo. Já escrevi aqui como estar minha cidade ( #VazaKassab – SP 6 anos sem prefeito e São Paulo abandonada ), mas finalmente ela acordou, hoje transforma em passado uma experiência traumática demais. Aqui cabe refletir , como São Paulo resistiu? Que energia tão grande tem esta cidade? Como vamos agir para sua reconstrução?

Tive a sorte e o prazer de ficar um pouco longe do dia a dia da campanha, desde cedo, declarei abertamente meu voto e minha visão otimista de que Haddad seria o novo e uma mudança de qualidade para a cidade, um novo ar no PT e na política, houve um tremendo acerto na escolha, o que comprovou, mesmo nos momentos de maior dúvida se daria certo ou não. Houve um crescimento imenso da figura do inexperiente, em eleições, do candidato, conseguiu aglutinar a nova e a velha militância, mesmo com o brutal cerco ao PT via STF e mídia com o julgamento do Mensalão. Enfrentando ainda velha raposa, Serra, no seu quintal, com a máquina toda do Estado e da Prefeitura. FOi uma campanha heroica, com programa e propostas, que precisam se tornar ação, já no primeiro dia de governo.

Fui ao local em que Haddad faria o primeiro discurso como Prefeito eleito de São Paulo, ainda durante a contagem final de votos uma faixa e camisetas com uma frase significativa: O Futuro Venceu. É este o compromisso que o novo deve ter, apostar no futuro e transformar a cidade. O discurso foi marcado pelo chamado de Haddad para que a cidade se una, que derrube o “muro que separa os ricos e os pobres da cidade”. A tarefa é grande, mas estou otimista de que consiga.

0 thoughts on “Haddad: O Futuro Venceu”

  1. Eu estive na Praça da Sé com cerca de 1000 outros militantes no primeiro ato público de Haddad após uma caminhada chegamos a Sé. Naquele momento ele tinha 3% das intenções de votos. Era mais um poste que o PIG queria derrubar..mas a História se faz de Fatos e não de Factóides.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: