Foto de um blog russo ( http://blog.kp.ru/users/4240314/post160878775/)

Foto de um blog russo ( http://blog.kp.ru/users/4240314/post160878775/)

“Clareia manhã
O sol vai esconder a clara estrela
Ardente, pérola do céu refletindo teus olhos
A luz do dia a contemplar teu corpo
Sedento, louco de prazer e desejos
Ardentes” (Nascente – Flávio Venturini)

O discurso acabou, muitas vezes resta apenas o choro, o gosto salobre das lágrimas que torna salubre o seu verter, pelo rosto cansado de duras provas que somos submetidos. Um pequeno orvalho de esperança brota no amanhecer, esquecer se faz necessário ontem, começar a entender o que virá hoje, sem temor, resoluto, firme, não se sabendo mais de onde as novas forças virão, mas elas virão, esta é a certeza, os amigos, as palavras que se ouve, o apelo aos deuses, de todos os credos, a benção do amor que nos move.

É certo que bate um certo desespero, assaz, que machuca a alma e alquebra o corpo, a coluna quase dobra, mas um pequeno impulso – seria a esperança? – põe-na no lugar. A retidão é importante, pois, assim, o cérebro funciona com mais precisão, separando o certo, do errado. A razão volta a iluminar meus pensamentos, a lógica se sobrepõe, vamos mais uma vez nos fortalecer, ser condutor de nós e da situação ruim que nos circunda, é se segurar no meio do terremoto, em qualquer pedaço de terra.

Reviso mentalmente os campos, as possibilidades, uma boa conversa com uma pessoa que passou pelo estresse extremo, foi importante demais, todos estes percalços percorridos, em menor ou maior grau, alimentou minha doce ilusão de que os dias passarão mais rápidos e o Tempo, senhor de tudo, vai chegar na hora certa. As angústias TÊM que ser substituídas por mais convicção e certeza de que é só questão de tempo, paciência, deslocar atenção para algo que se mova mais rápido, pelo menos para cada um de nós.

O trabalho, que muitas vezes perdeu o sentido, é um remédio, assim como estudar, ler, enfim ocupar a cabeça com algo que possa representar algo concreto, não como uma alienação, mas como fato real de que a vida segue um curso, que no meio de um processo, podemos paralisar-nos se apenas aceitamos a lógica dele. Mudemos a lógica, quem sabe flua melhor o Tempo e a própria dinâmica da vida. Romper com os sentimentos erráticos, paralisantes, que nada nos traz, apenas angústia e dor.

O mantra a ser repetido é este:  vamos em frente, firmes, fortes.  Substituir a fraqueza momentânea por alguma certeza vã, mas não se deixar parar, fixar, movimentar-se, eis o caminho.

Imagem de Amostra do You Tube