“Sonhos e fantasias, quando se tornam realidade, são decepcionantes” (Amos Oz) Vi dois filmes lindos, Desobediência e De Amor e Trevas, com temática e ambientado na comunidade judaica, o uso do hebraico, uma língua de uma sonoridade estranha e bela, os cantos, as lamentações, uma mistura de dor e elevação, […]

1

“aos muitos males que nos ferem agora vêm juntar-se novos!” (Édipo Rei – Sófocles) Peço-vos que se dissociem de mim, pois há um mal que tomou conta da vida, quase na mesma proporção da trilogia tebana, em que descreve os fados funestos dos labdácidas, uma sequência de tragédias que vai […]

“O amor da gente É como um grão Uma semente de ilusão Tem que morrer pra germinar Plantar nalgum lugar Ressuscitar no chão” (Drão – Gilberto Gil) A fé é nenhuma, na profunda ausência de qualquer vestígio, sem, no entanto, desdenhar daqueles que tanta fé têm, professam e guardam, seus […]

2

“Agora eu já sei, da onda que se ergueu no mar E das estrelas que esquecemos de contar O amor se deixa surpreender Enquanto a noite vem nos envolver” (Wave – Tom Jobim) Dias de batalhas dentro do Direito (trabalho), nos poucos momentos de “liberdade”, ouço velhos clássicos de música […]

“Todo mundo ama um dia Todo mundo chora Um dia a gente chega E no outro vai embora” (tocando em frente – Almir Sater/Renato Teixeira) Eis que abro o instagram e vejo um conjunto de fotos sobre o dia da (o) irmã (o) postadas por minha filha, Luana, com uma […]

“Se é querer do Olimpo, Venha quem traga o preço e o corpo leve.” (Ilíada – Homero) Há bilhões de textos escritos em milhares de formatos, bombardeando nossos computadores, celulares, tablets, causando uma tremenda confusão mental, pior não nos dando nenhuma chance de ler, ou saber qual o valor real […]

“Na minha desventura, contemplo um mar tão vasto de infortúnios, que nunca poderei salvar-me a nado, nem ao menos vencer esta vaga fatal que ora me assalta” (Hipólito – Eurípedes) Então, chegamos mais uma vez a uma encruzilhada, olhar para trás está fora de questão, Orfeu se arrependeu, ao fazê-lo, […]

“O aço dos meus olhos E o fel das minhas palavras Acalmaram meu silêncio Mas deixaram suas marcas Se hoje sou deserto É que eu não sabia Que as flores com o tempo Perdem a força E a ventania vem mais forte” (Noturno – Fagner) O terrível desejo de escrever, […]

Meu pai se foi, tem três anos, incrível como passou rápido esse partida. Meus avôs, paterno e materno, também se foram, cumprindo a dialética da vida deles se cumpriu, os filhos os levaram para última despedida. Os nossos dias dos pais, sempre são de lembranças boas de nossos amados velhos, […]

“O coração lhe abrasa: vê no espelho Das águas exprimida bela imagem, E o mesmo vê-la foi, que logo amá-la, Julgando corpo ser, o que era Sombra. De si mesmo se espanta, e fica imóvel, Revendo-se em si próprio, qual estátua Em mármore de Paros esculpida”. (Metamorfoses – Ovídio) É […]