“É dilatado e aspérrimo o caminho Que à luz do Empíreo vai das trevas do Orco” (Paraíso Perdido, John Milton) Tenho poucas palavras para descrever a devastação de minha alma, ao ler sobre o estupro coletivo da jovem, menor, no Rio de Janeiro. Ontem ainda cheguei a escrever um pequeno relato […]