“Donde trovões profundos rugem, bramam Parecendo no Céu do Inferno a imagem? Se pode ele imitar as trevas nossas, Imitar sua luz nós não podemos?!” ( Paraíso Perdido – John Milton) Em nenhum momento se comemora um prognóstico certo, sendo ele tão funesto, como o de ontem. Por várias vezes, […]