Windows 10, Gol de Placa da Microsoft.

O visual arrojado do Windows 10 ( Imagem do site da Microsoft).
O visual arrojado do Windows 10 ( Imagem do site da Microsoft).

Sei que ainda é muito cedo, mas ouso dizer que o Windows 10 é o melhor Sistema Operacional (OS) lançado pela Microsoft, desde o primeiro Windows, e é o grande concorrente do XP, como sistema mais bem estruturado da gigante de software para PCs e Notebooks. Depois dos péssimos Windows Vista, Windows 8 e 8.1, parece que surge um recomeço interessante.

Sou usuário do Sistema Operacional Windows desde de sua versão 3/3.1, no começo dos anos de 1990, este OS foi o que tornou a Microsoft dominante no mercado de PCs, ultrapassando a Apple, com a imensa popularização, em especial porque era simples “piratear”, como também uma certa vista grossa da empresa, naquele momento, pois estava determinada a ser a maior fornecedora de OS para computadores no mundo.

Depois do básico Win 3/3.1, com suas janelas bem pobres, houve uma sequência de OSs, visualmente bonitos, Windows 95, 98, 2000 e ME, mas todos muito ruins de uso, com grande dificuldade de rodar os aplicativos, além de lentos e pesados, colocaram a Microsoft na berlinda. A empresa tinha se tornado monopolista, quase sem concorrentes que pudessem lhe fazer frente, Apple já virara seus OS para um público High End (ricos e aficionados pela “maçã”), UNIX era para servidores, ou seja, a Microsoft tinha se sentado no sucesso e torrava a paciência dos usuários.

Porém em 2001, finalmente, a Microsoft acertou em cheio com o, até hoje, considerado  melhor OS, o XP. O sistema é simples e ótimo de usar, visualmente agradável, com funcionalidades e atalhos fáceis de ser mexidos e de domínio da máquina, bem adaptado a todas as melhores de hardware feitas nos últimos 15 anos. O sucesso foi tão grande que a Microsoft demorou 14 anos para descontinuar o XP, para desespero dos fãs desse OS. Sem dúvida é o mais popular OS que se tem notícia, mesmo quem não curte a MS, admite que o XP é bom.

Em 2007, o Windows Vista, conseguiu ser o pior OS de toda a série da Microsoft, tudo que tinha de ruim nos OS anteriores ao XP parece que resgataram. Um OS que chegava a consumir incríveis 15 Giga bytes de HD, o que o tornava lento e ineficaz, um verdadeiro desastre. O Win 7, em 2009, foi quase uma retomado do XP, aproveitado bem pouco do Vista, era para livrar a cara da MS, up grade gratuito, redução considerável de uso de espaço no HD.

Com enorme atraso a MS foi para o mundo dos devices móveis (Celulares, Smartphones e Tablets), depois do mercado já consolidado pelo Androd do Google e pelo IOS da Apple. A vinda do Windows Phone coincide com o lançamento do Windows 8/8.1, mais um fracasso, a confusa plataforma não servia nem para os móveis, muito menos para PCs e Notebooks. O janelamento com aplicativos que dava uma aparência de OS para celular, se mostrou um desastre como experiência para uso de Notebooks e PCs, boa parte dos usuários continuaram a usar o velho XP ou Win 7.

Fiz o upgrade para o Windows 10, com extremo receio, primeiro num Notebook com o 8.1, pensei que pior do que estava, não ficaria. Mas mesmo assim fui com medo de uma surpresa ruim, pelos últimos, só se pensa que a MS não acertaria mais nada, que se sustenta por falta de concorrência, etc. Qual não foi minha surpresa, o 10, parece 10, uniu o velho XP/Win 7, com inovações do 8/8.1, mas com uma concepção bem mais agradável, com finalidades bem definidas.

O sistema de upgrade funcionou corretamente, sem sobressaltos, trouxe para o novo Windows tudo que tinha de atalhos, aplicativos e corrigiu já no carregamento algumas das falhas irritantes do 8.1. O sistema voltou com botão Iniciar, com opção de ir aos aplicativos ou entrar nos programas, o que torna a vida bem mais simples para o usuário mais comum, que usa como ferramenta, não vai ter que quebrar cabeça para achar as coisas que julgam mais importantes.

Uma série de melhorias e possibilidade de “Configurações” em uma única janela promete ser o Hit deste OS, como, por exemplo, a sincronização com os terminais móveis, independente do OS ( Android, IOS ou Windows Phone), obviamente para que tem o WP é provável que seja melhor ainda. Nessa mesma janela de configurações há uma substancial melhora para definições de acesso à internet, Fixa ou Wifi, o que era um horror no 8/8.1. Outra coisa ótima, o pacote de idiomas está disponível, sem que precise mudar o pacote (Home, Home Premium, Ultimate), isso faz uma baita diferença.

Por tudo isso, por enquanto, a experiência com o Windows 10 tem sido ótima, o Notebook se tornou mais rápido e eficiente no uso dos recursos. Talvez a MS agora pode entrar na briga efetiva dos terminais móveis, com o novo Windows. Aparentemente ela aprendeu com a combinação que a Apple faz entre Mac e Iphone/IPAD ou com Google/Android, quem ganha somos nós com mais opções.

Ainda falta muita coisa a explorar, mas é uma grata surpresa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: