1

“Louco, sim, louco, porque quis grandeza Qual a Sorte a não dá. Não coube em mim minha certeza; Por isso onde o areal está Ficou meu ser que houve, não o que há” ( D. Sebastião, Fernando Pessoa)   O jovem Rei de Portugal, D. Sebastião, cego pelo ideário cristão, […]