1

Aqui, mais uma vez, vou professar minha fé na Democracia e na Política, sem embargos: Prefiro a liberdade de TODOS os corruptos eleitos, do que a pureza prometida pelo Estado de Exceção, Estado Policial do MP/PF/Judiciário. A limpeza “étnica”, prometida, só sobrará a “casta dos puros” (apud Jucá), tendo à testa os concurseiros da meritocracia. Obviamente […]

“Religionum animum nodis exsoluere pergo” (Esforço-me por libertar o espírito dos nós das superstições – Tito Lucrécio Caro (De Rerum Natura, I, 932) Durante seis meses, em 1996 morei no Japão e tive a oportunidade de viver num modelo de sociedade em que os valores ocidentais de democracia e de […]

“Por isso te detenho e prendo como a embusteiro universal, que exerce arte ilegal proibida pelo Estado. Prendei-lo logo”.  ( Otelo, O Mouro de Veneza, William Shakespeare) Dia de domingo é para viajar em ideias e metáforas incômodas. A vida imita a arte, mas ganha ares trágicos, revendo o Batman, […]

7

  Amanheci com um artigo sobre Aquiles, o Pélida, pronto para escrever, como já escrevera sobre a Ilíada (ou a Ira de Aquiles) Iliada – Resumo , pensei em particularizar a trajetória deste Herói por excelência, mas aí resolvi voltar a ler algumas características do HERÓI em Junito de Souza Brandão, esqueci, […]

  Depois de publicar os apontamentos dos meus resumos da Ilíada(Ilíada – Ficha de resumo(1996)) e da Odisseia(Odisséia – Resumo) sou instado a tentar analisar o significado destas obras. Aqui começa a grande dificuldade: a multiplicidade de visões que as obras apontam. Tentarei cercar, didaticamente, em três visões, que se interpolam: […]

1

“Estamos perdidos, se ao mal antigo juntamos um novo, antes de aquele ter murchado.” (Medéia  – Eurípedes)   A origem de Jasão   Jasão era filho de Esão, rei de Iolco, porém seu pai teve o trono usurpado pelo meio-irmão Pélias. Ainda criança, Jasão , foi viver no exílio, período […]

2

Toda vez que vou a uma livraria e vejo uma tradução da Ilíada, fico tentado a comprar, não foi diferente neste fim de semana, quando fui à livraria Cultura. Vi duas traduções de Frederico Lourenço. A edição me pareceu tão bem cuidada, visual bem caprichado. O que é melhor é […]

  “De Teucros nuvem basta as naus circunda; Pouca ourela da praia aos Dânaos resta; Ílio em peso concorre e afouta inunda. Oh! Não vêem mais luzir meu capacete: Se o rei me fora justo, em fuga tinham O fosso de cadáveres enchido” ( Canto XVI )   Parece que […]

  Estava relendo o Livro I da Ilíada, inspirado pelo iogurte “Grego”, e dentro dos meus estudos e publicações sobre a Grécia e Homero( Homero – Um Roteiro ) .Voltei a mergulhar no mundo antigo, peguei o meu tradicional livro com tradução de Carlos Alberto Nunes, para Edições de Ouro, comecei a […]

      Dando continuidade aos posts de roteiro/revisão do blog para facilitar aos que chegaram mais recentemente, além de ajudar a compreender de forma mais global a linha de elaboração de temas e assuntos, depois de publicar Homero – Um Roteiro, partimos agora para roteirizar as tragedias, dentro do mesmo […]

2

        “Com sacrifícios e preces amáveis, com libações e fumaça das oferendas, os homens os conquistam pelas súplicas, quando alguém transgrediu e errou” ( Ilíada ,Canto IX, Homero) Como a atividade de blogar é muito dinâmica, os textos publicados se perdem com facilidade entre um e outro, […]