São Paulo abandonada

 

Serra-Kassab-Tiririca, ele quer voltar, por mais uns meses? Karime Xavier/ Folhapress

Dia amanhece com tempo fechado, chuvoso, durante a madrugada rajadas de vento e temporal, a cidade respira um ar mais limpo, as chuva lavou todas impurezas do ar. Entretanto, os transtornos são enormes, típicos de uma cidade que abandonou o cidadão, metrô lento, cheio e sem alternativa. Trânsito pesado, semáforos quebrados, torna o tráfego pior, por sair cedo, cheguei rápido ao trabalho, mas os relatos, dos poucos que conseguiram chegar é sempre o mesmo, como viver em São Paulo se tornou tão difícil.

 

Nos iludimos por morar em bairro com boa infraestrutura, crianças estudando perto de casa, hospitais, metrô, mas a cada dia o preço cobrado por estas coisas fundamentais numa grande metrópole se tornam impraticáveis. A situação geral da cidade é desoladora, os problemas se avolumaram de forma inacreditável é uma sequência de grandes tragédias administrativas, Maluf e Pitta, depois uma administração mediana de Marta, aí a queda total com Serra-Kassab, até os planos mínimos, mas necessários, como corredores de ônibus foram abandonados, os tais “gerentes” foram um fiasco.

 

Repensar a cidade de tantos milhões de pessoas, com sentimentos tão distantes, que vivem da casa-trabalho-casa, com pouco tempo para se recompor, o tempo gasto em deslocamentos aumentou sensivelmente, mesmo sem obras ou intervenções urbanas que justificasse. A desculpa de que se tem mais carro não é e nem pode ser a única, o transporte coletivo foi intensamente sucateado e piorado nestes 8 anos, a troca da frota, iniciado na metade do governo Marta como obrigação da empresas, foi “flexibilizada”, é comum ver ônibus velho, poluindo ou quebrados nas avenidas.

 

Em fevereiro de 2011, tinha escrito sobre a cidade e gestão kassab: #VazaKassab – SP 6 anos sem prefeito, concluo que agora são 7 anos e meio sem prefeito, com risco de ter mais um mandato tampão do ambicioso Serra, que parece odiar São Paulo, pois ficou 1 ano e 3 meses, nos legou Kassab, agora se propõe a ficar mais 1 ano e 3 meses, quem deixará no seu lugar?Pois não é do seu feitio cumprir integralmente qualquer mandato. A cidade não pode ficar a mercê dos desejos e caprichos de quem não lhe quer, ou a quer apenas para ser trampolim, preencher cargos com amigos e a abandonar de novo.

 

Viver de construir uma ou duas estações de metrô para ser inaugurada a cada eleição, já mostrou que não resolve o problema, aliás aumenta, do deslocamento da população na cidade, esta tática eleitoreira tem de acabar. Mas, também, não podemos viver de reclamar nestes dias de chuva em que o caos urbano demonstra o pior caos: O administrativo, ou a falta de gestão. Temos que pensar como mudar esta realidade, todos os dias, nas escolas, no trabalho, nos grupos organizados, senão ficaremos apenas na constatação da desgraça.

 

São Paulo é uma cidade tão fantástica que resiste a tudo isto, mas poderia ser muito melhor, basta querermos. Do meu lado quero voltar a amar a cidade que escolhi para viver/morar e morrer exatamente como escrevi aqui,  São Paulo – Quando o amor acontece, será que conseguiremos?

0 thoughts on “São Paulo abandonada”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: