1

    A série sobre a Crise 2.0 teve como dois pilares centrais a Alemanha e a Espanha, os extremos na Europa, na Zona do Euro, pois ambas são, ou eram, economias de peso. A Grécia, Portugal, Irlanda e, menos ainda, Chipre, não têm PIB significativos que pudessem causar estragos tão grandes […]

Os blocos comerciais, definidos no mundo acabam trazendo dentro de si, certa identidade regional, proximidade territorial e algumas vezes proximidade cultural. Os maiores como UE ampla e UE restrita (Zona do Euro) e Nafta restrito ( EUA, Canadá e México), MERCOSUL (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai), tiveram uma longa história […]

        Dorme à vontade, mas fica sabendo: as dívidas que hoje me atormentam a ti atormentar irão um dia. (As Nuvens – Aristófanes )       As dores da Crise nos EUA.       Os EUA patinam numa dinâmica econômica distinta do resto do mundo, […]

    “Com que poder subjuga os elementos? Não será co’a harmonia entre ele e o mundo? Ele a absorver do mundo as maravilhas, e a expandi-las depois com brilhos novos?” ( Fausto – Goethe )   No caso da Alemanha, um pequeno recuo histórico, nos dará a ideia global […]

1

“a crise constitui sempre o ponto de partida de grandes investimentos novos e forma assim, do ponto de vista de toda a sociedade, com maior ou menos amplitude, nova base material para o novo ciclo de rotações” (Marx – O Capital – Vol III) O objetivo desta série sobre a […]

1

      A reunião dos Ministros da Economia dos BRICS foi prévia ao grande encontro da V Cúpula dos BRICS, que se iniciou ontem, já provocando intenso barulho na mídia mundial. Os acertos dos Ministros, seguindo e detalhando as últimas reuniões de Nova Delhi, em 2012, relatei aqui no […]

2

      Os blocos comerciais definidos no mundo, acabam trazendo em dentro de si uma certa identidade regional, proximidade territorial e algumas vezes proximidade cultural. Os maiores como UE ampa e UE restrita(Zona do Euro) e Nafta restrito( EUA, Canadá e México), Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai), tiveram […]

      Este texto é um somatório, ou melhor, uma síntese de três ou quatro artigos sobre Economia Política Mundial, que estavam focados na  Crise 2.0 e os cenários globais de retomada ou de mais queda da Economia. Resolvi fundi-los num artigo mais completo, que condensará várias análises parciais. Os […]

1

      Determinados filmes, têm o condão de nos por nos eixos, encher de esperanças e voltar a acreditar piamente no gênero humano. São mensagens, muitas vezes cruas, mas que nos calam mais fundo, saímos melhores do filme do que quando entramos. Demorei certo tempo para ver  “intocáveis”(Intouchables), passou no […]

4

    As eleições parlamentares italianas foram tratadas em três posts ( Itália, Nau à Deriva , A Itália Rumo ao Atoleiro e O Fenômeno (Bicho)Grillo e a Crise de Representação ) localizando, assim, o seu real significado, a exemplo do que fizemos na série sobre  Crise 2.0, em que analisamos as eleições da Espanha, França e […]

9

    A situação política da Itália, no atoleiro que se meteu, não é, com certeza, apenas dela, faz parte de um momento mais amplo que temos que pensar muito, refletir para tentar entender, quem sabe esboçar alguma saída. Durante quase dois anos acompanhei dia a dia o desenrolar da […]

2

  A economia política mundial tem sido pródiga em enviar sinais de como não se deve fazer, mas a lógica das políticas econômicas atuais, teimam em não seguir as dicas, ao contrário, buscam o pior, pois, só enxergam as receitas passadas, mesmo que estas tenham sido fracassadas. Aqui, na série […]