“O que importa é que sem a ver o acrediteis, confesseis, afirmeis, jureis e defendais; quando não, entrareis comigo em batalha, gente descomunal e soberba” (D.Quixote – Miguel de Cervantes) É uma poesia e uma metáfora. Os níveis da consciência e do inconsciente que se cruzam numa moral cristã e […]

  “Espíritos, que por artes minhas, Chamei dos seus refúgios para darem vida Às minhas fantasias”. (A Tempestade – W. Shakespeare) Quanto nos doamos a qualquer coisa na vida, mais do que 3/4? Quantas vezes já vivemos 3/4, no calendário da nossa existência? É uma porção perfeita ou uma data? […]