Depois de escrever, caí a ouvir Madredeus, grupo português que tanto me encanta, são quase 20 anos ouvindo e parece sempre a primeira vez, a simplicidade das letras, mas que cantadas e prolongadas por Teresa Salgueiro, ganham uma eternidade, esticam o poema, a melodia rica, os acordes de Pedro Ayres […]

    A boa vantagem de manter um blog longe da disputa política diária, conjuntural, é que se permite pensar com mais calma o porvir, sem se desgastar das lutas intestinais, que mal arranham o que realmente interessa. Apesar de escrever cotidianamente, pouco ou nada me preocupo em responder as […]

  Neste mês de junho completa um ano que iniciei a série Crise 2.0, começada quase por acaso, for tomando corpo, e hoje estamos com mais de 150 artigos publicados, para mim, uma enormidade, mas parece que os temas e sub-temas sobre a atual Crise do Capital, que denominamos de Crise 2.0, […]

  Dia amanhece com tempo fechado, chuvoso, durante a madrugada rajadas de vento e temporal, a cidade respira um ar mais limpo, as chuva lavou todas impurezas do ar. Entretanto, os transtornos são enormes, típicos de uma cidade que abandonou o cidadão, metrô lento, cheio e sem alternativa. Trânsito pesado, […]