1

“o que se tem é tudo que se precisa” (Pensamento Zen) O mito de Orfeu (muitas vezes recorrente nesse blog) é uma mensagem clara, um alerta fundamental para todos: Não olhe para trás, ou também pode ser, não viva a vida olhando pelo retrovisor. O herói perde sua amada, Eurídice , […]

“Na minha desventura, contemplo um mar tão vasto de infortúnios, que nunca poderei salvar-me a nado, nem ao menos vencer esta vaga fatal que ora me assalta” (Hipólito – Eurípedes) O filho da musa Calíope, Orfeu, de bela voz, foi ao mundo dos mortos, o Hades, atrás de Eurídice, sua […]

    A frase continua martelando na minha cabeça: “Não olhe para trás”, o interdito imposto por Hades ao Herói Orfeu, conforme falamos no post Orfeu, de que ele vai sair do Infernum, desde que não se voltasse para trás, pois sua amada Eurídice, o seguia, mas não lhe era permitido […]

1

    Desde ontem venho pensando em voltar a tratar do mito de Orfeu, que falei de forma rápida, dentro de um contexto, quase incidental, no post Ciúme Mortal, sem entrar em maiores detalhes do complexo mitologema dele. A sua imensa paixão por Eurídice tantas vezes cantada, interpretada e recriada, prova […]

    “salua animam tuam, noli respicere post tergum” (“salva tua vida, não olhes para trás” – Gênesis 19,17.26)   Entender o comportamento humano, mais ainda a psiquê, não é algo simples, ou racional, a observação, o estudo detido pode jogar alguma luz, onde não há qualquer fio de explicação. Caso […]

  (Orpheu – Gustave Moreau)   “And how can you mend a broken heart? How can you stop the rain from falling down? How can you stop the sun from shining? “( How Can You Mend A Broken Heart – Al Green) É uma doce ilusão que o passado pode voltar, […]