Estude o livro do rosto de Páris, Escrito pela pena da beleza. Repare na harmonia das feições, Pois cada uma embeleza a outra; E se algo fica obscuro no volume, As notas no olhar aclaram tudo. Esse livro do amor, com as folhas soltas, Pra perfeição precisa só de capa. […]

Esses dias estava assistindo o excelente filme Tolkien, sobre o autor da trilogia “O Senhor dos Anéis” e de o Hobbit, tive a sensação desesperadora do esquecimento, ou da incerteza sobre algumas questões da Letícia, de seus gostos, relacionados aos filmes e livros. É doloroso sentir isso, pois a memória […]

“Saímos de Florença para termos alguma distração que nos servisse de amparo à saúde e à vida, pondo fim a melancolias, dores e angústias a que assistimos sem cessar em nossa cidade desde que tiveram início esses tempos de peste” (Decameron – Giovanni Boccaccio) Tenho a firme convicção de que […]

“Quem poderá fazer aquele amor morrer Nossa caminhadura? Dura caminhada pela estrada escura” (Drão – Gilberto Gil) A fusão da poesia de Gilberto Gil com a voz de Milton Nascimento, faz surge uma nova canção, Drão é imensa, pujante, pulsante, vida e esplendor, morte e dor, a delicadeza do ouço […]

“Setembro – O mês em que a primavera começa e as flores mais lindas têm o prazer de flore(nas)cer” (Letícia Rocha  – 20/09/1997 a 18/11/2018) Todos os dias da minha vida, enquanto durar, serão marcados pelo dia 18, desde aquele 18.11.18. Letícia é maior do que todos os aforismo e […]

1

“Standing on a hill in my mountain of dreams Telling myself it’s not as hard, hard, hard as it seems” (Going in California – Led Zeppelin) Enquanto existir alguma consciência em mim, por toda vida que me resta, por nenhum momento vou deixar de pensar na minha Letícia. É difícil […]

“Quem sabe a morte, angústia de quem vive” (Soneto de Fidelidade – Vinicius de Moraes) As redes sociais viraram o grande obituário da humanidade nessa Pandemia do Covid-19, dia após dia, as mensagens de luto e despedida, é o que se tem mais visto, sofrido, em 2020, o ano da […]

1

“Lights go out and I can’t be saved Tides that I tried to swim against” (Clocks – Coldplay) De uns dias para cá, comecei a ouvir sempre a meia noite um som de um despertador de um relógio digital, coisa que tinha ouvido muitas vezes, antes da Letícia partir, naquele […]

“A flor brilhava intensa e maravilhosamente, e provocava admiração De quantos, então, a viram: deuses imortais e homens mortais” (Hino Homérico a Deméter) Durante essa pandemia, uma das maiores tragédias da humanidade em tempo de paz, é uma oportunidade de Reflexões, que a roda viva a que estávamos acostumados, não […]

“O tempo que terei para agradar aos mortos, é bem mais longo do que consagrado aos vivos…hei de jazer eternamente!” (Sófocles) Estranhamente condenamos o Kapital pela apropriação de desejos e sentidos, a imposição de certo comportamento, padrão que bem nos lembrou o Coringa de Joaquim Phoenix: Sorria. Ora, é apenas […]

“Se não for sua intenção fazer aquilo que suas palavras demonstram, não me alimente com vãs esperanças” (Decameron – Giovanni Boccaccio) O vento sopra frio e entra pela janela do quarto/escritório, depois de mais um dia muito quente, o que confunde primavera com verão, nesse confuso tempo de São Paulo […]

Como quem lucro anela noite e dia, Se acaso o tempo de perder lhe chega, Rebenta em pranto e triste se excrucia (Inferno – A Divina Comedia – Dante Alighieri) No meio de minha jornada, acossado por sentimentos contraditórios, de um lado pelas dores e dardos arremessados pelo cruel destino, […]