Yo te llevo dentro, hasta la raíz Y por más que crezca, vas a estar aquí (Hasta la Raiz – Natalia Lafourcade)   Por mais que tente não pensar e lembrar de Letícia no dia a dia, em algum momento, é maior do que eu e ela fica sorrindo […]

Querida e amada filha ausente. Lá se foram dois anos e três meses, desde que nos deixastes, não por vontade própria ou nossa, mas como parte do grande  mistério do que é o ciclo da vida, em que não sabemos onde entramos, muito menos quando dele somos arrancados, alguns, bem […]

“Os sonhos que hão de vir no sono da morte Quando tivermos escapado ao tumulto vital Nos obrigam a hesitar: e é essa reflexão Que dá à desventura uma vida tão longa.” (Hamlet – W. Shakespeare) Perder um (a) filho (a) é muito pior do que perder a própria vida, […]

1

Esses dias estava assistindo o excelente filme Tolkien, sobre o autor da trilogia “O Senhor dos Anéis” e de o Hobbit, tive a sensação desesperadora do esquecimento, ou da incerteza sobre algumas questões da Letícia, de seus gostos, relacionados aos filmes e livros. É doloroso sentir isso, pois a memória […]

“Setembro – O mês em que a primavera começa e as flores mais lindas têm o prazer de flore(nas)cer” (Letícia Rocha  – 20/09/1997 a 18/11/2018) Todos os dias da minha vida, enquanto durar, serão marcados pelo dia 18, desde aquele 18.11.18. Letícia é maior do que todos os aforismo e […]

1

“Standing on a hill in my mountain of dreams Telling myself it’s not as hard, hard, hard as it seems” (Going in California – Led Zeppelin) Enquanto existir alguma consciência em mim, por toda vida que me resta, por nenhum momento vou deixar de pensar na minha Letícia. É difícil […]

Os meses foram sendo vencidos rapidamente para todos que nos cercam, contraditoriamente, sinto uma certa lentidão da vida que teima não passar, como se fosse para açoitar nossa dor, a nossa saudade aumentar, prologando por minutos e segundo, pois não há um único instante que não pense na Leleka. Hoje […]

2

É provável que você ache esquisito se “comemorar” o aniversário de alguém que já nos deixou, que partiu para o lugar de onde jamais ninguém voltou, como diz o bardo inglês, e não tenho esperança de que minha doce menina, chegue aqui novamente. Claro que sim, que não é comum […]

Nada a dizer, apenas a imensa saudade, esse buraco fundo aberto no peito. A vida segue sempre porque nada para, por nada e por ninguém. Sonho em claro contigo, nem preciso dormir para te ver. O amor é um sentimento delicado demais para se acabar com a morte, essa brutalidade […]