Hoje conversando com a Letícia, minha filha mais velha, sobre “Ana Terra”, uma pequena parte da magistral “O tempo e o vento”, obra do grande escritor gaúcho Érico Veríssimo, lembrei de quando li, por inteira. Foi uma volta ao passado, não sei se já contei, se sim, não […]

    Neste tempo de internet, celebridades, ou melhor subs, instantâneas, li uma matéria sobre Dalton Trevisan, e achei estupenda. Ele acabou de ser premiado com a maior honraria da língua portuguesa, o Prêmio Camões, que é um justo reconhecimento de sua vasta obra. Aos 87 anos, vive em Curitiba quase […]

  Muitas vezes as maiores dificuldades de escrever um post é achar uma imagem, ou uma música, para deixar o que foi escrito mais forte, nem sempre é fácil, até mesmo as citações, que também são frequentes aqui, não dão tanto trabalho, muitas delas são lembranças de livros ou poesias […]

  “Não alcancei a celebridade do emplasto, não fui ministro, não fui califa, não conheci o casamento. Verdade é que, ao lado dessas faltas, coube-me a boa fortuna de não comprar o pão com o suor do meu rosto”  (Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis) Dei de […]

        A televisão ligada, apenas pelo costume do barulho, sem nem saber o que passa, o computador com várias janelas abertas, a busca de um fiapo de ideia ou de sensações que valha a pena escrever, descrever. Uma foto clássica do Che Guevara, em reunião com Simone […]

      “Zeus obteve por sorte o vasto céu, com sua claridade e suas nuvens” (Homero, Ilíada)   Desde muito tempo que leio alguns clássicos, sem dominar a língua em que originalmente foi escrito, sinto uma perda no sentido exato dos termos, isto se torna pior na poesia, pois […]

    “ANTES DE MIM COISA ALGUMA FOI CRIADA EXCETO COISAS ETERNAS, E ETERNA EU DURO. DEIXAI TODA ESPERANÇA, VÓS QUE ENTRAIS!” (Divina Comédia – Dante Alighieri) Passei vários meses em 1991, de um lado para outro com a “Divina Comédia”( Dante), morava em lugares incertos, trabalhando em implantações de […]

  Rubens – o rapto de Europa   Depois das reflexões do texto Noturno, acordei mais leve, vontade de voltar a ler os meus amados clássicos, como agora quase tudo leio na tela, fiquei procurando pdf/ebooks de algumas obras, infelizmente, nem todas tem nestes formatos, ou livrarias tentam “vender”, imagino que […]

    O blog virou espaço especial de desabafo e desafogo, além de ser lugar ideal para exercer uma certa atividade intelectual, que me ajuda a manter sanidade, espírito vivo, sendo muito apropriado para contar um pouco das tantas histórias que cada um de nós viveu/vive. O desafio de escrever […]

       “Há mais coisas no céu e na terra, Horácio, do que sonha a tua filosofia”  (Hamlet – Shakespeare) Voltar ao mestre dos mestres, o grande bardo inglês, William Shakespeare, é um prazer sublime, não mais de uma vez li toda sua vasta obra, alguma delas, […]

  Sonhos de uma noite de Verão William Shakespeare É-me im­pos­sível acreditar em fábulas antigas e em histórias de fadas. Os amantes e os loucos são de cérebro tão quente, neles a fantasia é tão criadora, que enxergam o que o frio en­ten­di­men­to jamais pode entender. O namorado, o lunático […]

      A Saga da Bruxa Morgana e a Família Real   Em cartaz em São Paulo uma excelente peça da magistral Bruxa Morgana/Rosi Campos, cujo tema é a vinda da família imperial ao Brasil. Para nossa surpresa, a peça é muito mais do que isto, claro que rever […]