“Corra não pare, não pense demais Repare essas velas no cais Que a vida é cigana É caravana É pedra de gelo ao sol Degelou teus olhos tão sós Num mar de água clara, clara” (Caravana – Geraldo Azevedo/Alceu Valença) É 18. Mais um, o décimo, desde então. A cada […]